Por: JCS

Após dois policias militares tirarem fotos do corpo do ator Flávio Migliaccio e as publicarem sem autorização nas redes sociais, indignada, a família do ator vai processar o Estado.

Faleceu nesta segunda feira (4), o conhecido ator Flávio Migliaccio, aos 85 anos, em seu sítio, em Rio Bonito, Rio de Janeiro. O corpo foi encontrado pelo caseiro que logo em seguida ligou para o filho do ator, Marcelo Migliaccio que ao tomar conhecimento acionou a polícia para fazer a ocorrência, até que ele chegasse no local.

Acontece que ao chegarem no sítio, algum dos policiais, tirou fotos do ator morto e publicaram horas depois nas redes sociais, sem a autorização da família, em uma atitude de desrespeito ao ator falecido e de sua família, afinal, todos estavam chocados com o falecimento inesperado de uma pessoa tão querida.

Marcelo Migliaccio publicou uma carta aberta falando sobre seu pai:

“Meu pai fez o que fez à nossa revelia. Pegou um táxi e foi para o sítio enquanto eu cuidava da minha mãe no último domingo. Sem nos avisar, sem se despedir. Ele sempre me dizia que não aguentava mais viver num mundo como esse e sentir seu corpo deteriorar-se rápida e irreversivelmente pela idade avançada. Pouco escutava e enxergava. “Daqui para frente só vai piorar”, ele me dizia enquanto eu buscava todos os argumentos possíveis para lhe mostrar que ainda havia muita coisa boa reservada para ele”

A família nem enterrou o ator e as redes as fotos circulavam pelas redes sociais, e é claro, todos ficaram indignados com o crime cometido pelos policiais. Tanto que o advogado da família, Sylvio Guerra escreveu em seu Instagram o seguinte:

“ Foi uma violência, um desrespeito! Estarei tomando todas as medidas judiciais cabíveis em face dos dois agentes do Estado, dois Policiais Militares que divulgaram foto de meu cliente em condições que se encontrava dentro de seu quarto…

Além de Vilipêndio de cadáver, elencado no Código Penal, buscaremos em face do Estado, danos causados pela absurda, abusiva e mórbida divulgação da foto de meu cliente Flávio Migliaccio, já falecido, violando sua imagem, o luto da família, amigos e fãs. Ressaltamos que a fotografia foi feita dentro da propriedade privada, sem autorização da família e divulgada em redes sociais. O filho de Flávio, Marcelo Migliaccio, já se manifestou no sentido de doar a indenização, caso seja reconhecida pela Justiça. ”

Assista à entrevista dada por Marcelo Migliaccio no programa da Sônia Abrão:

 

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS