Por: JCS

Morre o conhecido ator global, Flávio Migliaccio, aos 85 anos.

O céu ganha hoje mais uma estrela, Flávio Migliaccio, de 85 anos de idade, foi encontrado  sem vida em seu sítio em Rio Bonito, Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (04).

Conforme a revista Quem: “Liguei para o Marcelo Migliaccio, filho de Flávio, que disse que recebeu uma ligação do caseiro dizendo que o Flavio tinha falecido. Ele está na estrada, a caminho do sítio, e ainda não sabe a causa da morte do pai. Não tenho maiores informações porque o Marcelo está a caminho do local”, disse Sylvio Guerra, advogado do ator.

Ele deixou um legado importantíssimo na teledramaturgia, pois foi diretor, ator e roteirista. Participou de mais de 30 novelas e 10 filmes (um belo currículo)

Um dos atores mais conhecidos da Rede Globo, Flávio desempenhou vários papéis importantes em novelas: Shazan, Xerife & Cia, onde contracenou com o ator Paulo José em um seriado infanto-juvenil, entre outubro de 1972 a maio de 1974, foi a trama que o lançou nas telinhas.

 

Veja sua participação na Teledramaturgia:

1972 – O Primeiro Amor como Xerife
1972 – Shazan, Xerife e Cia. (seriado) como Xerife
1974 – Corrida do Ouro como Sérgio
1975 – O Grito como Osvaldo
1976 – Duas Vidas como Túlio
1976 – O Casarão como Coringa
1977 – O Astro como Neco

Fim dos anos 70 – As Aventuras de Tio Maneco como Tio Maneco

1979 – Pai Herói como Genésio
1983 – Parabéns pra Você como Valdir
1989 – O Salvador da Pátria como Nilo
1990 – Rainha da Sucata como Seu Moreiras (Osvaldo Moreiras)
1991 – O Sorriso do Lagarto (minissérie)
1992 – Perigosas Peruas como Venâncio
1994 – Incidente em Antares (minissérie) como padre Gerônico
1995 – A Próxima Vítima como Vitinho Giovanni
1995 – Engraçadinha… seus amores e seus pecados (minissérie) como Piragibe Sandini
1996 – Quem é você? como Seu Jacinto
1997 – O Amor Está no Ar como Peninha
1998 – Era uma Vez como Xerife
1998 – Torre de babel como Caju
1999 – Chiquinha Gonzaga (minissérie) como Vagalume
1999 – Vila Madalena como Ângelo
2001 – As Filhas da Mãe como Barnabé
2002 – Pastores da Noite como Alonso
2004 – Clara e o chuveiro do tempo (especial) como Vô Teodoro
2004 – Senhora do Destino como Jacques Pedreira
2005 – América como médium espírita Velmiro (participação especial)
2006 – Sítio do Picapau Amarelo como Eremita
2007 – Sete Pecados como Nino
2008 – Casos e Acasos como Olavo
2009 – Caminho das Índias como Karan Ananda

Com informações: Quem e Terra

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS