Por: JCS

Estes animais marinhos podem causar graves queimaduras, foram vistos nestes últimos dias em uma praia de Peruíbe. Não houve registro de pessoas feridas.

Centenas de Caravelas-Portuguesas apareceram encalhadas em uma praia de Peruíbe, SP. A aparição assustou os banhistas, turistas e moradores locais, afinal, esses animais causam graves queimaduras. O aparecimento desta espécie neste período do ano se deve por causa da correnteza marítima, conforme especialista. Uma publicitária que passava pela praia disse que, além de não reconhecer este animal, pensou que fosse saco plástico, ou até camisinha jogada na areia.

Anna Seabra, de 39 anos, turista que ali estava, viu os animais, de tons azulados e rosados, na praia do Guaraú, ao passear com sua família. Ela disse que pensou ser um “ser de outro planeta”, e ficou muito assustada com a visão, afinal, nunca havia visto nada semelhante.

capa oficial - Caravelas-portuguesas no litoral de São Paulo assustam banhistas

“Costumo visitar a minha irmã aqui em Peruíbe. Fiquei bem assustada com as caravelas, porque elas parecem um ser de outro planeta. Nunca tinha visto, me assustei mesmo”, afirmou.

Ela só ficou sabendo que tipo de animal era aquele quando o seu cunhado, que mora na cidade, lhe disse que eram “caravelas-portuguesas”. “Se estivesse passando ali sozinha, ia achar que era um saco plástico, uma camisinha, ou algo do tipo, porque é bem estranho. Parece um ser de outro planeta mesmo”, disse a publicitária. Mesmo lhe dando um susto, Anna disse que foi interessante o que viu, e até ficou com dó delas, pois estavam fora das águas do mar.

“Mas, a gente não podia fazer nada. Cheguei bem pertinho, pude vê-las respirando, é muito doido mesmo, não é uma coisa que a gente vê todo dia”, afirmou encantada.

whatsapp image 2020 12 26 at 17.42.45 - Caravelas-portuguesas no litoral de São Paulo assustam banhistas
Caravelas-portuguesas foram encontraram na Praia de Guaraú, em Peruíbe, SP — Foto: Arquivo Pessoal/Edson Ventura

Edson Ventura, biólogo e morador da cidade, também viu as caravelas-portuguesas encalhadas na praia, e afirmou que nunca apareceram tantas assim, mesmo em um período que é comum a aparição da espécie.

“Havia várias delas, centenas, incontáveis”, disse. Ele acredita que este aparecimento talvez tenha ocorrido pelos fortes ventos e à quantidade de ondas. “Desta vez, tinha uma quantidade bem maior. É normal, mas não nesse número grande”, explicou.

Ventura também diz acreditar que as correntes marítimas também devem ter influenciado o aparecimento desta quantidade toda de animais encalhados na faixa de areia. “Elas não nadam, ficam na superfície da água. Elas têm uma bolha, cheia de ar, o que dá  flutuabilidade. Os tentáculos ficam embaixo d’água, e ela vai “ao sabor do vento e da corrente”, explicou.

Caravelas-portuguesas

A caravela-portuguesa (Physalia physalis), ou barco-de-guerra-português, vive nas águas de todas as regiões tropicais dos oceanos. Ela possui tentáculos cheios de células urticantes. Apesar de parecer um animal, é, na realidade, uma colônia composta por muitos animais inter-relacionados (pólipos).

O biólogo Éric Comin esclarece que o surgimento nesta época do ano é comum e ocorre devido à correnteza marítima, um fenômeno de massa de água chamado Água Central do Atlântico Sul (ACAS). “Essa água é rica em nutrientes e vem para cá agora, no período de primavera e verão. Uma água bem mais fria, e tem a presença muito grande de cnidários, como esse animal”.

whatsapp image 2020 12 26 at 17.44.39 - Caravelas-portuguesas no litoral de São Paulo assustam banhistas
Animais têm tentáculos com substâncias urticantes — Foto: Arquivo Pessoal/Edson Ventura

 

Com informações: Portal G1

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS