Por: JCS

É uma vergonha sem fim! Uma técnica de enfermagem foi “afastada” após simular que vacinou uma senhora idosa, inocente, de 97 anos, em Maceió. A vovó foi na tarde da quinta-feira (28) a um dos pontos de vacinação, no estacionamento do Pátio Shopping, bairro Benedito Bentes. Eram aproximadamente 12 h, a técnica de enfermagem, simulou fazer a vacinação, furando o braço da idosa, contudo, o líquido não foi injetado, apenas o braço foi furado. A cuidadora da idosa que a acompanhava filmou a covardia e comprovou que o imunizante não foi aplicado.(Assista ao vídeo no final)

Os familiares viram as imagens e comprovaram a “mutreta”, e, logo em seguida procuraram os responsáveis da campanha de vacinação e, após comprovarem a fraude, outra “profissional de saúde” fez a aplicação da vacina corretamente.

Cientes do caso, a Prefeitura de Maceió logo afastou a técnica de enfermagem que fraudou a vacinação e abriu um procedimento interno, investigativo para analisar o caso. O MPE-AL (Ministério Público Estadual de Alagoas) afirmou que instaurará uma Notícia de Fato para apurar a situação vergonhosa. O nome da técnica de enfermagem, até o momento, não foi divulgado.

capa oficial - Vergonha Nacional:  Técnica de enfermagem fingiu vacinar uma idosa contra a covid-19 e é “afastada”- (vídeo)

Conforme a família da idosa, que não quis revelar o nome dela por motivos de privacidade, ela estava muito ansiosa para receber a vacina, afinal haviam 10 meses que ela estava em quarentena, longe dos filhos e netos. Quinta-feira (28), ela foi levada para ser vacinada às 12hs, e sua cuidadora resolveu gravar o momento da “vacinação fake” para mostrar aos familiares da idosa.

As imagens comprovam a “fraude”. A técnica de enfermagem preparou o braço da paciente passando algodão, em seguida injeta a agulha no braço, mas não aperta o êmbolo, deixando o líquido totalmente no cilindro. “Isso dá reação? ”, questionou a cuidadora da idosa. A técnica responde na maior “cara de pau”: “Geralmente, eu não vejo ninguém comentar até agora”. A cuidadora novamente pergunta: “só isso? ”. “Só”, responde a técnica de enfermagem, enquanto retira a injeção intacta e passa o algodão no braço da idosa.

Preocupada com a “fraude”, a cuidadora enviou o vídeo para o grupo da família e, logo em seguida, os familiares da idosa ficaram chocados ao perceberem que a vacina não foi injetada.

“Graça a Deus que a vacinação foi filmada porque, se não fosse o vídeo, iríamos acreditar que minha avó tinha sido imunizada. Apesar de 97 anos, ela é muito ativa e estava chateada de ficar em casa todos esses meses e sem receber visitas dos filhos e netos. Temos um grupo dos netos e estávamos comemorando que ela estava tomando a vacina, que iria poder nos ver. Quando vimos o vídeo, verificou-se que não tinha sido aplicada a vacina e isso gerou uma indignação”, disse uma das netas da idosa, que pede para não ser identificada.

Os familiares imediatamente foram até os responsáveis pela vacinação relatando o caso e, assim que o posto viu as imagens, uma nova profissional de saúde fez a aplicação correta da vacina. Inclusive a família fez questão de registrar o momento da vacina.

“Ela estava ansiosa e nós, na expectativa da vacina. Todo dia ela perguntava e hoje aconteceu isso. Ficou uma situação que gera indignação e o questionamento de quantas pessoas podem não ter sido vacinadas. É muito sério, neste momento, expor uma pessoa idosa a conviver sem vacina achando que foi imunizada”, disse a neta, deixando claro que entraram em contato com o MPE-AL para que sejam tomadas as devidas medidas de apuração e punição ao crime cometido.

 

Com informações: UOL

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS