Por: JCS

Cientistas da Universidade de Oxford, Reino Unido, confirmaram nesta segunda-feira (20) que os resultados apresentados pela vacina nas estapas I e II confirmam que ela é segura e induz resposta imune. Este é um excelente resultado e provavelmente poderá ser confirmado na terceira fase que está sendo realizada em aproximadamente 2.000 voluntários no Brasil.

Com este resultado há grandes possibilidades desta vacina ser aprovada, contudo, estamos no aguardo dos resultados da fase III.

Esta vacina foi desenvolvida pela Universidade de Oxford juntamente com a farmacêutica Astrazeneca, a fase III com testes em humanos, provavelmente será finalizada em setembro, conforme Sarah Gilbert, cientista que que faz os estudos na faculdade britânica.

Este imunizante, que está na fase mais avançada do mundo, dependerá do processo de fabricação e todo o trabalho de logística para distribuição mundial. O presidente da AstraZeneca Brasil, Fraser Hall, disse que o produto caso seja totalmente aprovado, pode chegar ao Brasil ainda este ano.

Os pesquisadores acreditam que esta vacina, que passa pela terceira e última bateria de testes, tem aproximadamente 80% de eficácia para a prevenção da doença na forma mais grave.

O imunizante apresentou resultado duas vezes positivos, ou seja: criou anticorpos contra o coronavírus e induziu a produção de células T do sistema imunológico, os quais trabalham no sistema de defesa do organismo.

Cerca de 50 mil pessoas já participaram dos testes da vacina de Oxford em todo o mundo, 10% delas no Brasil

Com informações: Veja/ G1

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS