Por: JCS

Foi registrado no Brasil, nesta segunda-feira (07) o primeiro caso suspeito de infecção pelo superfungo “Candida auris”, ele já causou várias infecções em outros países da América do Sul. O superfungo foi localizado em uma amostra de ponta de cateter de um paciente que foi internado com Covid-19 em uma UTI na Bahia.

Conforme artigo da BNC Infectious Diseases, sua taxa de mortalidade é de 39%.

A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou um comunicado na terça-feira (08), informando que o Candida auris é “um fungo emergente que representa grave risco à saúde global” e que determinadas cepas dele são resistentes a todas as principais classes de fármacos antifúngicos.

Conforme Flávio Telles, Professor de Infectologia da Universidade Federal do Paraná (UFPR), a chegada deste fungo perigoso no Brasil “É um grande Alerta”, contudo, não é um perigo equivalente à chegada da Covid-19.

Ele explicou que o superfungo é um germe intra-hospitalar e costuma colonizar equipamento, instrumentos e pacientes internados. Para pacientes de risco, que estão em UTIs ou que foram submetidos a alguma cirurgia, ele representa uma ameaça maior, pois é capaz de adentrar o organismo e causar uma doença grave conhecida como candidíase invasiva ou candidemia, um tipo de septicemia (infecção na corrente sanguínea) que pode levar o paciente a óbito.

A candidemia pode também ser causada por vários outros fungos, mas o Candida auris desperta muito temor por ser muito resistente aos tratamentos disponíveis contra a candidíase. E dentro do contexto da pandemia do coronavírus, os riscos vindos do fungo possuem um outro agravante:

Como a Covid-19 tem gerado várias internações, inclusive prolongadas, o risco deste contágio da Candida auris é bem maior. Caso ele se espalhe, será mais uma preocupação crucial para a Saúde Pública, ele é muito difícil de ser eliminado em hospital, revelou o infectologista.

Com informações: Jornal Extra

 

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS