Desejo que tenhamos aprendido que igreja não é templo.
Que família é o que temos de mais importante.
Que não somos donos do amanhã, e que não temos o controle de nada.

Desejo que tenhamos reaprendido a brincar com os nossos filhos, a passar mais tempo junto de quem amamos.

A olhar com carinho os mais velhos e a escola e o hospital como os lugares mais importantes da cidade.

Desejo que tenhamos aprendido que o trabalho não é tudo, que viver é recomeçar todos os dias, que é preciso coragem para enfrentar os problemas.

E que Deus está sempre conosco, não importa o que aconteça!

 

Por: Pr. Roberto Amorim de Menezes

 

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS