Por: JCS

Em uma bela parceria, o Príncipe William e o conhecido ambientalista britânico e apresentador David Attenborough, criaram e lançaram na quinta-feira (08) o projeto que imagina se tornar o “Prêmio Nobel de Ambientalismo”.

O prêmio via captar as 50 melhores soluções para os intrincados problemas ambientais mais graves do mundo.

Promete-se pagar 50 milhões de libras ( cerca de R$ 360 milhões) durante 10 anos. Ou seja: o prêmio batizado de “Earthshot”, será o maior prêmio ambiental já concedido no mundo.

Earthshot na verdade, é uma brincadeira com a expressão “Moonshot”, em Inglês significa projetar uma espaçonave para a Lua – porém, é também uma analogia quando uma pessoa tenta concretizar algo que é muito difícil. Neste prêmio, a palavra “Moon” (Lua) foi trocada por “Terra” (Earth).

Conforme as palavras do príncipe, ele quer que: “O planeta seja entregue às gerações futuras em um estado melhor do que o encontrado pela geração dele”.

Ele deixou claro que qualquer pessoa pode conquistar este prêmio, e assim, estimulou as “pessoas incríveis” produzam “projetos inovadores brilhantes”.

Ao conceder entrevista à BBC, William informou que o lançamento deste novo prêmio marca o momento que ele assume a liderança da campanha ambiental de seu pai, Príncipe Charles, que é muito conhecido por suas posições ambientalistas e defende a fundo a preservação da natureza.

barreira de corais - Príncipe William cria prêmio global milionário por soluções criativas para o meio ambiente
O branqueamento de coral é um grande problema para os oceanos — uma das categorias de prêmios — Foto: ARC Centre of Excellence for Coral Reef Studies

 

Com informações: Portal G1

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS