Por: JCS

A OMS (Organização Mundial da Saúde afirmou nesta segunda-feira (23) que a “aposta mais segura” para muitas famílias é não realizar reuniões familiares no natal e ano-novo pois será uma maneira eficiente de evitar a disseminação e contaminação do coronavírus. Festas de Ano Novo, com as tradicionais aglomerações, são pontos fáceis de contaminação, por isso não são recomendadas.

Estamos em uma pandemia sem precedentes, que já fugiu ao controle, afinal, o Brasil alcançou mais de 6 milhões de contaminados pela Covid-19 e já ultrapassou 172.000 óbitos. A Europa está amargando o aumento de casos de infecção e já está na segunda onda, onde o coronavírus já sofreu uma mutação genética.

O anúncio foi publicado no dia em que a OMS parabenizou os esforços da Universidade de Oxford e do laboratório AstraZeneca “para tornar a vacina acessível e fácil de armazenar”.

A líder técnica da OMS, Maria Van Kerkhove, fez uma reunião virtual em Genebra, para a Covid-19 e foi categórica em dizer que “em algumas situações, a difícil decisão de não ter uma reunião familiar é a aposta mais segura”. Apesar de várias vacinas estarem em estágio de pesquisa adiantado, não há nenhum imunizante acessível para todos até o momento.

A cientista-chefe da organização Soumya Swaminathan, disse que as notícias sobre os resultados positivos da vacina para covid-19 da Universidade de Oxford e do laboratório britânico AstraZeneca são “ encorajadoras e esperamos ver os dados, como fazemos com outros resultados promissores das últimas semanas”.

A AstraZeneca disse no início desta semana que a sua vacina contra a Covid19 pode ser cerca de 90% eficaz, o que nos fornece uma grande arma contra a pandemia global, com menor custo de produção, bem mais fácil de distribuir e mais rápidas de expandir do que suas “concorrentes rivais”.

Com informações: CNN Brasil
Foto: Pixabay

 

OUTRAS LEITURAS



Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS