Por: JCS

Conforme dados do PREVFOGO (Centro Nacional de Prevenção e Combate aos incêndios florestais do Ibama), a tragédia está estabelecida no Mato Grosso, afinal, em 2020 a soma das áreas queimadas no Pantanal já ultrapassou 2,3 milhões de hectares ( 1,2 milhão em Mato Grosso e em Mato Grosso do Sul já supera 1 milhão de hectares).

Para se ter uma ideia do tamanho da área queimada é de mais de 2 milhões de hectares, representa quase 10 vezes somados, o tamanho das cidades do Rio de Janeiro e São Paulo, isso é um absurdo, uma verdadeira tragédia.

O Pantanal é o que mais tem sofrido com as queimadas que o estão devastando, já no Mato Grosso os vários focos de incêndios estão espalhados por quase todo o Estado.

Assista ao vídeo:

Conforme o Instituto de Pesquisas Espaciais, de janeiro a setembro já se acumularam mais de 25,4 mil focos de calor e fogo que foram registrados. A surpresa é que este número é 29% superior ao mesmo período do ano passado.

As queimadas têm aumentado no Pantanal desde Julho, período em que as chuvas desaparecem gerando um tempo extremamente seco, com isto o clima fica parecendo o de um deserto, umidade do ar inferior a 10%. Este é um dos fatores naturais, agora existem os incêndios feitos pela vontade do homem, de forma criminosa.

Uma reserva particular com área superior a 100 mil hectares foi completamente destruída. A perícia do Corpo de Bombeiros informou que, as chamas vieram de uma fazenda próxima e que o fogo foi intencional e criminoso.

Além de demorar muito para a vegetação voltar ao normal, muito animais acabam morrendo por não terem para onde escapar do fogo, conforme o vídeo acima.

Com informações: Portal G1
Crédito Imagen:  JN

 

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS