É uma das imagens favoritas para vencer o concurso 2020 Wildlife Photographer, que divulgará seus resultados em 13 de outubro.

O fotógrafo Dhritiman Mukherjee pode insinuar- se que muito possivelmente será lembrado em um lugar de destaque na história de sua profissão , após ter capturado uma cena incrível em que os protagonistas são um crocodilo macho e suas centenas de bebês . Fotografia indicada como a grande favorita para ganhar o concurso Fotógrafo de Vida Selvagem do Ano no Museu de História Natural de Londres, no Reino Unido . Embora as outras imagens concorrentes também sejam incríveis, esta em particular tem uma história e uma importância por trás que a torna única.

EhJ0NjdXkAYyhtB - O pai crocodilo e seus mais de 100 bebês estão concorrendo para a foto do ano.
Dhritiman Mukherjee / Fotógrafo de Vida Selvagem do Ano

E é que o instantâneo do fotógrafo hindu não apresenta qualquer lagarto, mas sim um gavial do Ganges de quatro metros, espécie que está em perigo crítico de extinção . Por isso, a sua fotografia, na qual mostra o seu focinho comprido e fino junto com as suas centenas de crias, é também um sinal de esperança para quem quer proteger este animal .

São crocodilos que se alimentam de peixes e que, em geral, temem muito o homem, mas durante a época de reprodução há uma mudança de comportamento”, explicou o autor, que teve a oportunidade de obter várias capturas deste réptil no Santuário Nacional de Chambal em Uttar Pradesh , norte da Índia.

“Os gaviais machos se tornam muito agressivos, territoriais e protetores durante a reprodução. O homem assume a grande responsabilidade de proteger os bebês e se torna um grande pai “

– escreveu em um tweet , Dhritiman Mukherjee .

EbAs5UpWkAA1y8n - O pai crocodilo e seus mais de 100 bebês estão concorrendo para a foto do ano.
Dhritiman Mukherjee / Fotógrafo de Vida Selvagem do Ano

Estima-se que restem apenas 650 adultos do Ganges Gharial, 500 deles vivendo em santuários naturais , de acordo com o Museu Natural de Londres . Portanto, ver esse espécime junto com pelo menos 150 filhotes (estima-se que teve que acasalar com sete ou oito fêmeas), além de ser algo incomum, também é animador para essa espécie de réptil. E também para Mukherje, que destaca que seu principal objetivo é a conservação desse crocodilo, e que o objetivo de suas fotografias é gerar uma conexão emocional que desencadeie a empatia social.

Eg6kbvBWAAE3jQg - O pai crocodilo e seus mais de 100 bebês estão concorrendo para a foto do ano.
Dhritiman Mukherjee / Fotógrafo de Vida Selvagem do Ano

A certa altura, a população do gavial do Ganges chegou a 20.000 no sul da Ásia, mas como resultado da construção de barragens, pesca excessiva e mineração de areia , entre outras causas, foi drasticamente reduzida no último século, para ter o número lamentável de exemplares que apresenta hoje.

Com esta fotografia capturada por Dhritiman Mukherjee, como um consolo esperançoso, muito possivelmente será premiada no próximo dia 13 de outubro no WPY 2020 por meio de uma cerimônia que acontecerá online devido ao COVID-19.

 

Traduzido e adaptado de: UPSOCL

Imagens: Dhritiman Mukherjee / Fotógrafo de Vida Selvagem do Ano

 

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS