Por: JCS

Pesquisadores detectaram mutação no coronavírus em praticamente toda a Europa e em especial na Malásia, esta, pode ser bem mais infecciosa, porém, menos fatal, conforme um experiente especialista em doenças infecciosas.

Conforme declaração de Paulo Tambyah, consultor da Universidade Nacional de Singapura e presidente-eleito da Sociedade Internacional de Doenças infeccionas, esta mutação D614G também foi encontrada em Singapura. Contudo, o Ministério da Saúde de Singapura ainda não respondeu a uma solicitação de comentários.

Tambyah disse que existem fortes indícios que a “proliferação da mutação na Europa coincidiu com uma queda nos índices de mortalidade”, fato que sugere, se supõe que ela seja menos letal e gere menos óbitos.

Mesmo assim, esta mutação, dificilmente impactara negativamente a vacina em potencial, mesmo que outros especialistas discordem, acrescentou.

“Talvez seja uma coisa boa ter um vírus que é mais infeccioso, mas menos fatal”, afirmou Tambyah à agência de notícias Reuters.

Acrescentou ainda que a grande maioria dos vírus quando passam por mutações, acabam se tornando menos virulenta.

É do interesse do vírus infectar mais pessoas, mas não matá-las, porque o vírus depende do hospedeiro para ter alimento e abrigo”, finalizou.

Um grupo de cientistas descobriu a mutação em fevereiro, e sabem que ela já circulou na Europa e nas Américas, informou a Organização Mundial de Saúde (OMS), a qual disse não haver comprovações de que esta mutação causa uma doença ainda mais grave.

O diretor-geral de Saúde da Malaria, Noor Hisham Abdullah, disse que esta linhagem é dez vezes mais infecciosa e que as vacinas atualmente em fase de testes podem não ser eficazes contra esta mutação.

“O mutante afeta o elo do peplômero, e não necessariamente o reconhecimento da proteína por parte do sistema imunológico, o que seria preparado pela vacina”.

 

Com informações: G1

Imagem: Lim Huey Teng/ Reuters

 

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS