Por: JCS

Um novo ciclone chegou ao Rio Grande do Sul entre ontem e hoje, os resultados foram que mais de 300 moradores tiveram que abandonar suas casas e houve uma morte, infelizmente a vítima foi Geisson Vitz, 34, que faleceu após sua casa ser atingida por um forte deslizamento de terras em Caxias do Sul, região da Serra Gaúcha

As fortes ventanias ocasionaram muitas chuvas que provocaram inúmeros alagamentos e deslizamentos de terra. O serviço de meteorologia registrou que as chuvas acumularam 122,4 mm/m cúbico nos dois dias passados, mais do que a média total para o mês de julho (121,7MM/m cúbico), conforme o Centro integrado de Comando da prefeitura.

Conforme os bombeiros, Geisson faleceu por conta do deslizamento e sua mulher e um filho conseguiram escapar, sãos e salvos.

A Defesa Civil informou de que devido aos estragos, aproximadamente 340 pessoas ficaram fora de suas casas, assim, 276 estão acomodadas em abrigos municipais e 64 em casas de amigos ou parente.

A região que mais sofreu com as cheias dos rios é o Vale do Taquari. Já em Lajeado, foram 160 desabrigados. Porto alegre registrou nesta manhã inúmeros pontos de alagamentos.

A semana passada um ciclone trouxe muita ventania que causou vários estragos, principalmente destelhando muitos tetos. Este ciclone, além das ventanias trouxe fortes chuvas, portanto, alagamentos estão tomando conta das cidades.

Com informações: UOL

 

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS