Por: JCS

Mesmo com 94 anos de idade, ele precisava trabalhar todos os dias para prover o seu sustento, era um ambulante que ficava em sua cadeira de rodas vendendo lanches. Um certo dia sua história começou a mudar desde que uma mulher parou para conversar com ele, e foi uma conversa que mudou a sua vida. (Assista ao vídeo abaixo)

Às vezes, certas pessoas acabam desempenhando um papel de “anjo da guarda”, naquele dia a pessoa que parou para conversar com ele foi a jovem Kenia Barragan, de 28 anos, ela perguntou para o Sr José Villa Ochoa (Todos o conhecem como Don Joel) por que ele ainda tinha que trabalhar na rua com aquela idade avançada.

José Villa, lhe respondeu que com a idade de 94 anos ninguém se interessa para contratar um “idoso”. Assim, ele ganhava seu sustento vendendo sanduíches mexicanos para uma mulher, quanto terminava o dia ela lhe pagava pelos lanches vendidos.

Naquele dia, Kenia voltou para sua casa e ficou com a história daquele idoso martelando em sua cabeça, um homem daquela idade trabalhando nas ruas de Santa Ana, Califórnia, EUA, lhe incomodava profundamente.

“Eu senti por ele. Meus pais são mais velhos e eu odiaria ver meu pai vendendo “tomales” para alguém e mal conseguindo sobreviver”, declarou Kenia emocionada.

O início de uma boa ação

Ela resolveu publicar um post nas redes sociais contanto a situação daquele idoso, pois tinha esperança que algumas pessoas pudessem se interessar e dar alguma ajuda.

O resultado foi que muitas pessoas se comoveram com a história do Sr José Villa Ochoa, sentiram na pele as dificuldades que ele passava. Assim, kenia conseguiu arrecadar 80 mil dólares, cerca de R$ 413 mil reais para ajudar o simpático Don joel.

Em seguida, ela lhe presenteou com uma nova cadeira de rodas, com melhor qualidade, e lhe entregou um par de sapatos pretos bem brilhantes para dar de presente ao vendedor ambulante.

A emoção de ser ajudado

O coração do Sr José bateu forte quando soube de tudo que Kenia fez por ele, mesmo sem o conhecer, ele chorou copiosamente pois sabia que alguém verdadeiramente se importou com ele e o quis ajudar.

Ele cheio de gratidão disse que aquela enorme doação representava uma “mudança de vida” para ele e principalmente para a jovem Kenia Barragan.

Kenia disse: “Eu sempre quis um propósito na minha vida e queria ajudar as pessoas. Este foi o ponto de partida para mim”.

E para finalizar ainda disse:

“Precisamos cuidar um do outro. Mesmo que você não possa dar dinheiro – faça uma oração, devolva algo, reserve um tempo para conhecer alguém”.

Esta foi a história de uma jovem que se importou com a história de vida de um idoso, e quis ajuda-lo. Às vezes os anjos não aparecem com asas e sim com um coração caridoso que faz de tudo para ajudar ao outro.

View this post on Instagram

Came to Chase earlier and noticed this man. He was selling tamales, so I approached him and gave him the cash I had and told him to keep the tamales for someone else. I started talking to him, and he told me that because he’s old, no one will hire him, so he sells tamales for a lady, and then she gives him money at the end of the day. His name is Joel, he’s 94 years old and uses a wheelchair to get around. He can barley afford to buy his coffee and bread in the morning to eat, and doesn’t have money to pay for a phone, let alone his medication. I found all this out, just by taking a few minutes out of my day to acknowledge a stranger. I gave him my phone number, and told him to call me whenever he needs anything… this breaks my heart. If anyone wants to help him out, please reach out to me. Second video is me giving him $50 that someone donated to him and a Torta Ahogada I bought for him. He said he’s gonna go to church tomorrow and pray for me. 😭

A post shared by 🔅𝓚𝓮𝓷𝓲𝓪 𝓑𝓪𝓻𝓻𝓪𝓰𝓪𝓷🔅 (@kenia714) on

 

Com informações: Fox7

Crédito imagens: Instagram

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS