Por: JCS

Bryan Henrique, 10 anos, é uma criança da região norte de Londrina, e no início de janeiro, para desespero de sua família, ele desapareceu. Familiares e amigos entraram em pânico com o sumiço e pediram ajuda a todos e pela internet para o encontrarem. Depois de muitos compartilhamentos nas redes sociais, o encontraram no começo da noite, numa distância de 10 quilômetros de sua casa, próximo a uma escola da Zona Norte de Londrina.

Ao encontra-lo, a reportagem do “TEM Londrina” descobriu uma linda e comovente história acerca do que ele fazia enquanto estava “desaparecido”.

Sua mãe explicou que: Seu filho sonhava em ter um videogame, porém, ela não tinha dinheiro para comprar o brinquedo dos sonhos dele, então, “Ele está juntando essas latinhas faz tempo, mas não deixo ele sair de casa para isso. É só quando está comigo ou voltando da aula”.

Janaine de Carvalho, 27 anos, mãe de Bryan, trabalha em uma lanchonete, informou que passa por dificuldades financeiras em casa e, está em uma gravidez de risco. Seu marido, Maicon Mendes, 29 anos, está sem emprego. Foi assim que Bryan, ao ver as dificuldades que seus pais passavam e a falta de dinheiro para comprar seus materiais escolares e dos seus três irmãos, não pensou duas vezes, e corajosamente decidiu sair e juntar latinhas, sem o conhecimento dos pais. Saiu de casa bem cedinho para encontrar o máximo possível de latinhas nas ruas.

Enquanto ele trabalhava, a família sem saber de nada, ficou completamente desesperada, e, Bryan foi encontrado do outro lado da cidade. Estava sem camisa, e com algumas latinhas vazias de refrigerante e cerveja.

Quando retornou para casa, já com seus pais, eles descobriram uma atitude linda do filho. Ao saber das dificuldades dos pais, o menino ofereceu todas as latinhas que conseguiu ajuntar para que pudessem compras os cadernos escolares seus e dos irmãos. Estava decidido a desistir do videogame, para AJUDAR OS PAIS!

Mesmo com uma atitude tão nobre, seus pais o deixaram de castigo por lhe darem tamanho susto. Até porque sua mãe está em uma gravidez de risco e não pode se estressar.

“Ele nos deixou muito preocupados. Dei uma bronca nele e pedi que nunca mais faça isso. Nós sabemos que ele fez tudo isso com boas intenções, ele é uma criança com sonhos. Mas não pode angustiar os pais assim. Nós o amamos”, conta a mãe. “Não consigo nem imaginar o que seria se tivesse acontecido algo de ruim com ele”, disse Janaine mãe de Bryan.

Seus pais acabaram não aceitando as latinhas do menino para comprar os materiais e pretendem resolver esse problema juntos.

“Nós compramos alguns cadernos para as crianças, agora falta o restante. É muita coisa e estamos realmente passando um momento muito difícil”, disse a mãe de Bryan.

E foi dessa maneira que essa bela história nos conquistou, mostrando assim a bondade e generosidade de uma criança. ( Veja abaixo a foto da família reunida)

bryan latinhas site 6 - Menino de 10 anos junta latinhas para comprar material escolar para ele e os três irmãos
Foto: André Duarte/TEM

Pensando nas dificuldade da família, foi feita uma vaquinha online para os ajudar, a meta de arrecadação era de R$ 4000,00 foi arrecadado R$ 7.910,00 – sendo que houve 110 colaboradores.

 

Via: TemLondrina

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS