Por: JCS

Marcius Melhem move ação de indenização por danos morais e materiais contra a atriz Dani Calabresa, a ação foi protocolada quinta-feira (14) na Vara Civil de São Paulo, o reclamante apresentou como prova, dezenas de mensagens de áudio e texto que “comprovariam”, conforme ele, que ambos tinham intimidade entre 2017 e começo de 2019.

O objetivo principal da ação é “comprovar” que a forma que Calabresa tratou Melhem “é absolutamente incompatível com aquele esperado de uma sedizente vítima de assédio”, afirma o advogado Marcello de Camargo Teixeira Panela, autor do texto.

“O tom jocoso e íntimo era constante no tratamento entre ambos. Entre autor e ré eram comuns as brincadeiras, inclusive de natureza sexual. Mas nada aí havia de constrangedor, abusivo ou imposto”, alega a ação,

“Tais manifestações, com efeito, se davam no âmbito da livre esfera de vontade de dois adultos, solteiros, maiores e capazes. Sob essa ótica nada há a ser recriminado ou censurado; frise-se, não sendo cabíveis quaisquer juízos de valor a respeito. ”

capa oficial - Melhem move ação, mostra dezena de áudios e pede indenização a Dani Calabresa

Alguns detalhes sobre o processo foram divulgados na quinta-feira em matéria da revista “Veja”. O site UOL conseguiu acessar o processo dentro do site do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Marcius Melhem está pedindo uma indenização de R$ 200 mil, caso vença o processo, se compromete a doar para a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), pede que seja ressarcido o custo do tratamento psiquiátrico/psicoterápico que ele fez entre fevereiro de dezembro de 2020, no valor de R$ 46.400, por conta do “grave sofrimento moral e psíquico”, sofrido, pede também que a atriz faça uma retratação pública.

O advogado de Melhem justifica que incluiu os áudios e mensagens íntimas no processo, e diz que a transcrição das conversas “não é gratuita e nem tem qualquer propósito midiático, como as informações que vêm sendo transmitidas pela imprensa a respeito do caso”. Conforme ele, “justifica-se e faz-se necessária para o fim de se restabelecer a verdade dos fatos e demonstrar a tônica que regia o relacionamento” entre ambos.

Em relação a acusação mais grave, de assédio sexual e violência durante uma festa realizada em novembro de 2017, o ator nega e afirma que trocou “beijos e carinhos, de modo absolutamente consensual” com a atriz Dani Calabresa. Afirmando que, na mesma festa, “trocou também beijos e carinhos com uma amiga convidada por Daniella, e que não foi mencionada pela matéria da Revista Piaui. ”

Na ação foram anexadas várias mensagens que ambos trocaram após esta festa, o objetivo da ação é demonstrar que “a relação pessoal e profissional entre o autor e a ré se manteve harmoniosa, com a mesma afetuosidade, nos meses e nos anos seguintes”.

Escreveu o advogado: “Ora, fosse verdade o veiculado na Piauí, não seguiria a ré requisitando conselhos pessoais e profissionais ao autor. Fosse verdade, não teria a ré encaminhado dezenas de áudios carinhosos ao autor, enaltecendo-o nos âmbitos pessoal e profissional. Fosse verdade, não teria enviado áudios e mensagens para comentar e divertir-se com situações inusitadas por ela vivenciadas. ”

As advogadas que representam Calabresa, em 17 de dezembro, entraram com pedido de investigação de Melhem no Ministério Público. Elas disseram que entrariam com uma ação criminal contra o ator por causa dele ter divulgado áudios de uma conversa com Calabresa e um pedido de indenização por danos morais à atriz.

A coluna do UOL entrou em contato com Mayra Cotta, uma das advogadas da atriz, mas ela não quis fazer nenhum comentário sobre a ação de Melhem.

**Este texto não reflete, necessariamente, a opinião da Sensível-Mente

Com informações: UOL

Imagem capa: Instagram

OUTRAS LEITURAS



Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS