Por: JCS

A ciência conseguiu restaurar a visão de um cego. Os médicos do Rabin Medical Center, em Israel, estão pulando de alegria, afinal, conseguiram fazer o primeiro transplante de córnea artificial bem-sucedido do mundo. Um paciente de 78 anos, teve a sua visão recuperada após 10 anos com a córnea deformada.

Este implante artificial é chamado de KPro, e substitui uma córnea opaca ou deformada. Ele possui um nano-tecido sintético não degradável que é colocado sob uma membrana que cobre a superfície da pálpebra e a parte branca do globo ocular. Após o implante, ele se junta com o tecido vivo e estimula a “proliferação celular” dentro do olho.

O procedimento médico foi executado pela empresa israelense CorNeat, que teve liberação para testes clínicos em julho de 2020. O inventor do dispositivo é o Dr. Gilad Litvin e disse em entrevista a Israel Hayom que a operação era “relativamente simples” durando menos de 60 minutos.

O paciente Jamal furani e sua família estão felizes com a cura, afinal, ele depois de muitos anos voltou a ver, conseguindo ler textos e reconhecer os parentes após o implante bem-sucedido, em seu comovente depoimento ele disse que a primeira coisa que viu foi a luz.

capa oficial - Médicos de Israel fazem o primeiro transplante de córnea artificial do mundo que restaurou a visão de um cego

“Testemunhar um outro ser humano recuperar a visão no dia seguinte foi eletrizante e emocionalmente comovente”, disse o Dr. Litvin.

Hoje em dia, os transplantes de córnea são procedimentos muito comuns, contudo, precisam de doadores e a procura é muito grande, tendo que aguardar na fila por muitos anos. Os resultados positivos desde transplante de córnea artificial são excelentes e trazem muitas esperanças para pessoas cegas em todo o mundo.

“O procedimento cirúrgico foi simples e o resultado superou todas as nossas expectativas”, afirmou o professor Irit Bahar, que chefia o setor de Oftalmologia do Rabin Medical Center. Ele comentou que a tecnologia era “a chave para virar a maré contra a cegueira global” e que era emocionante “estar na vanguarda deste projeto que sem dúvidas impactará milhões de vidas”.

Já há uma fila de 10 pacientes que foram aprovados para passar por esse “procedimento milagroso” de transplante de córnea artificial no Rabin Medical Center.

Com informações: Exame

OUTRAS LEITURAS






Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.