Por: JCS

O brasileiro Lucas Augusto Pires, 32, pai de duas meninas, escreveu a mensagem comovente horas antes de morrer da doença. Ele se sacrificou pelo bem de seus pacientes.

O coronavírus causou estragos em todo o mundo.

Centenas de milhares de mortes, milhões de infectados e países inteiros paralisados pelo medo desta nova doença são apenas parte das terríveis consequências desta pandemia global.

coronavirus 4947340 960 720 - Médico que lutou contra a Covid-19 e faleceu deixa uma mensagem emocionante: “Fui infectado fazendo o que amo, faria de novo”
Foto: Pixabay

E enquanto ainda há quem não acredite que o coronavírus seja algo tão grave ou que mereça esse tipo de medida, há quem ateste a gravidade da situação porque luta contra ela todos os dias.

Médicos, enfermeiras e trabalhadores de limpeza em hospitais e centros de saúde estão enfrentando esta doença de cabeça todos os dias para salvar o maior número de vidas possível. E embora isso possa colocá-los em risco, muitos deles estão dispostos a se sacrificar por seus pacientes.

O triste caso de um médico brasileiro que deixou uma mensagem comovente após contrair o coronavírus e falecer por complicações causadas pela doença comprovou isso.

Facebook - Médico que lutou contra a Covid-19 e faleceu deixa uma mensagem emocionante: “Fui infectado fazendo o que amo, faria de novo”
Foto: Facebook

O neurocirurgião Lucas Augusto Pires foi infectado com coronavírus trabalhando na primeira linha de combate ao coronavírus , no Instituto de Saúde Bom Jesus, em Ivaiporã, publicou o Infobae .

Devido à sua profissão, ele ficou muito exposto à pandemia, que atingiu o Brasil mais do que qualquer outro lugar do mundo, exceto os Estados Unidos.

Pires contraiu a Covid-19 e foi hospitalizado no dia 25 de julho, segundo o jornal Estado de Minas. Mas no sábado ele teve que ser levado às pressas para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Maringá.

Pouco antes de partir para a UTI, o médico de 32 anos e pai de duas meninas deixou uma mensagem comovente nas redes sociais, garantindo que havia se infectado “fazendo o que amava”.

“No momento estou indo para a UTI, devido ao agravamento do meu quadro devido ao Covid-19. Ficarei incomunicável , mas desde já agradeço a meus amigos por suas orações . Me contagiei fazendo o que amo, cuidando de meus pacientes com amor e dedicação. Eu faria isso de novo . Sei que o meu Deus está acima de todas as coisas, que os seus caminhos e propósitos são sempre justos e perfeitos e que no fim tudo contribui para o bem de quem ama a Deus, de quem é chamado segundo o seu propósito. Romanos 8:28. Amém ”, escreveu ele.

Poucas horas depois de escrever esta mensagem, o corpo deste jovem médico não suportou os danos causados pela doença e ele desistiu.

Crédito Facebook - Médico que lutou contra a Covid-19 e faleceu deixa uma mensagem emocionante: “Fui infectado fazendo o que amo, faria de novo”
Crédito: Facebook

 

A morte de Pires causou grande rebuliço na opinião pública, em sua família e entre seus colegas do Instituto de Saúde Bom Jesus.

“Neurocirurgião, o Dr. Lucas deixa amigos e colegas e seu tempo em Ivaiporã, embora encurtado pela fatalidade, será marcado pelo exemplo de grande dedicação profissional ”, afirmou o hospital em nota oficial citada pela rede G1 .

Credito facebook. - Médico que lutou contra a Covid-19 e faleceu deixa uma mensagem emocionante: “Fui infectado fazendo o que amo, faria de novo”
Crédito: Facebook

O caso deste médico demonstra a vocação e o sacrifício dos profissionais da saúde, que se defrontam com a morte para ajudar os outros a progredir, mesmo que lhes custe a vida.

Traduzido e adaptado de: UPSOCL

 

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS