Por: JCS

Malala Yousafzai, ativista paquistanesa, de 22 anos, veio às redes sociais para celebrar sua novíssima conquista: graduou-se na Universidade de Oxford, Inglaterra. Afinal, formar-se é uma grande felicidade, ela aparece em uma foto completamente lambuzada de tintas comemorando em casa com a sua família.

Ela disse na legenda de seu post: “Difícil expressar minha alegria e gratidão nesse momento ao concluir minha graduação em Filosofia, Política e Economia em Oxford”. “Eu não sei o que está por vir. Por enquanto, será Netflix, ler e dormir”, brincou toda sorridente.

Malala se tornou muito conhecida por seu engajamento na defesa dos direitos humanos das mulheres e da luta para que todas tenham acesso à educação.

 

Com um ótimo senso de humor, montou um “check-list” nos Stories, incluindo: “desempregada”, “indo dormir por dias” e “precisando de novas séries para assistir”, inclusive ela pediu sugestões de seus seguidores sobre quais os filmes mais recomendados para assistir.

Ainda na adolescência ganhou vários prêmios, inclusive o Nobel da Paz.

Sua luta pela educação e inclusão feminina lhe rendeu vários prêmios: 2014 Prêmio Nobel da Paz; 2015 Shorty Award; Herói Adolescente; 2013 Prêmio da Nações Unidas de Direitos Humanos; 2011 National Malala Peace Prize, e vários outros.

A adolescente paquistanesa foi conhecida por todo o mundo pela coragem em lutar pela educação e inclusão das mulheres na educação. Em 2007, o Talibã tomou o controle de sua terra natal, Vale do Swat, Paquistão, com a ordem de executar publicamente todos que discordassem das regras impostas. O talibã proibiu mulheres de frequentarem as escolas, passando a atacar os colégios. Malala montou um blog, com o pseudônimo GULMAKAI- ali onde escrevia como era a qualidade de vida das pessoas nesse regime, logo em seguida, começou a defender o acesso das mulheres à educação.

 

O sucesso logo veio através das defesas que fazia no blog, o que a tornou alvo do Talibã. Em 2012, aos 15 anos, estava em um ônibus escolar voltando para casa, um militante entrou no ônibus querendo saber quem era Malala, assim que se identificou o militante atirou em sua cabeça, mas os médicos a conseguiram salvar.

Em 2014, recebeu o Prêmio Nobel da Paz, sendo a pessoa mais jovem na história a receber este prêmio

Captura de Tela 334 - Malala Yousafzai festejou sua formatura na Universidade de Oxford
Foto: Twitter

Captura de Tela 335 - Malala Yousafzai festejou sua formatura na Universidade de Oxford

Captura de Tela 336 - Malala Yousafzai festejou sua formatura na Universidade de Oxford
Foto: Twitter

Assista ao documentário dela na Netflix. (Legendado)

 

 

Com informações: G1

 

 

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS