Não temendo as críticas, o ator e apresentador deixou à vista de todas suas sequelas do PÓS-COVID-19 ao abrir o desfile de Walério Araújo

As pessoas que assistiram o desfile do estilista Walério Araújo, na São Paulo Fashion week (SPFW), presenciaram uma cena inédita e motivadora. O ator e modelo Luciano Szafir ao abrir a apresentação do desfile, desfilou mostrando a sua bolsa de estomia (popularmente conhecida como bolsa de colostomia), há quatro meses ele começou a usa-la, devido complicações da covid-19. O desfile coincidiu com a semana de celebração do Dia Nacional das Pessoas com estomia (16/11), o ator desfilou mostrando a bolsa para chamar atenção para a causa de pessoas que têm a mesma condição.

Szafir combinou com o estilista de fazer uma roupa especial que pudesse deixar a bolsa bem visível, para justamente combater os preconceitos contra pessoas que precisam usar a bolsa devido a problemas no aparelho digestivo, e mostrar que isto não é motivo de vergonha, tristeza ou até reclusão, faz parte da vida e, ali ele estava celebrando o privilégio de estar vivo após sofrer com a covid-19.

Captura de Tela 979 - Luciano Szafir desfila no SPFW com bolsa de estomia à vista
Foto: Cauê Moreno

Luciano Szafir, entre tantos brasileiros que faleceram, quase morreu por conta da Covid-19, mas passou por ela e sobreviveu, contudo, as sequelas afetaram o funcionamento de seu intestino, então teve que colocar a bolsa de estomia. Já adaptado ao desconforto desta bolsa ele agradece a Deus o fato de estar vivo e com seu intestino funcionando normalmente:

“Quero que as pessoas possam ver que isso pode acontecer com qualquer um. Essa cirurgia salvou a minha vida e eu não tenho motivo para ter vergonha de usar uma bolsa de estomia”, disse:

“Depois de tantos anos, este desfile tinha tudo para ser muito especial para mim. Além da minha volta às passarelas, vi que era a oportunidade perfeita para defender uma causa nobre e muito importante para a nossa sociedade. Quero quebrar o preconceito, normalizar e fazer entender que um estomizado não precisa sofrer privações. Vida normal. E, tomara, que esta ação mude a visão que muitos ainda têm sobre quem usa uma bolsa de estomia”.

Captura de Tela 980 - Luciano Szafir desfila no SPFW com bolsa de estomia à vista
Luciano Szafir no desfile de Walério Araújo na SPFW – Francisco Cepeda / AgNews

Luciano contou que a cirurgia intestinal era extremamente necessária, contudo, não imaginava como seria viver com uma bolsa externa e nem os cuidados que tinha que ter com ela no dia a dia. Diante do desafio que encontrou, passou a entender bem melhor como é a vida de quem usa uma bolsa de estomia, assim, se viu desafiado a quebrar o tabu referente a este assunto e mostrar a todos que é possível ter uma vida normal como qualquer outra pessoa.

“Quem não conhece, julga e, mesmo sem querer, tem atitudes preconceituosas. Seja na hora de contratar um funcionário, se relacionar afetivamente, entre outras coisas”. E faz questão de alertar que haja um melhor atendimento e respeito às pessoas que passaram por este procedimento: “Banheiros públicos para quem usa bolsa é algo urgente. Eles têm que ser projetados de modo que o esvaziamento seja feito de forma higiênica e confortável. Por que é tão difícil isso virar lei em todo o Brasil?”.

Captura de Tela 978 - Luciano Szafir desfila no SPFW com bolsa de estomia à vista
Foto: Cauê Moreno

Com informações: Maisnovela

OUTRAS LEITURAS






Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.