Por: JCS

Lima Duarte faz um vídeo comovente para o ator Flávio Migliaccio e diz: “eu te entendo Migliaccio”.

O gigante da teledramaturgia, ator Lima Duarte (Ariclenes Venâncio Martins), compartilhou um vídeo, nesta terça-feira (5), onde se despede com muita emoção e saudades de seu amigo Flávio Migliaccio, que foi encontrado sem vida em seu sítio no dia (4), onde entre muitos elogios a ele diz: “você foi um mestre”.

Lima Duarte tem 90 anos, Flávio tinha 85 anos, eram amigos e trabalhavam na TV Globo, formaram juntos uma carreira sólida e brilhante, mantiveram uma amizade duradoura. O falecimento do ator sensibilizou muito Lima Duarte que postou um vídeo comovente, reflexivo e cheio de saudades:

“Eu te entendo, Migliaccio, porque eu, como você, sou do Teatro de Arena, com Paulo José, Chico de Assis, com o (Gianfrancesco) Guarnieri. Foi lá que aprendemos com o (Augusto) Boal que era preciso, era urgente que se pusesse o brasileiro em cena”.

Duarte fez uma retrospectiva dos tempos em que ambos passaram pela ditadura e mencionou um caso em que foi intimado a depor no DOPS. “Agora, quando sentimos o hálito putrefato de 64, o bafio terrível de 68, agora, 56 anos depois, quando eles promovem a devastação dos velhos, não podemos mais. Eu não tive a coragem que você teve”

Lima Duarte conclui a sua fala com uma frase de Bertolt Brecht: “Os que lavam as mãos, o fazem numa bacia de sangue” (Texto da peça “Os Fuzis da Senhora” (1937)

 

Com informações: Jovem Pan

 

 

 

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS