Por: JCS

Lívia Borges Zwetsch, juíza, em Santa Catarina, deu preferência em seus julgamentos, aos processos referente a adoção e conseguiu o excelente resultado de não deixar nenhuma criança sem lar numa cidade do estado.

Veja que atitude maravilhosa, a magistrada em entrevista disse que conseguiu um lar para todas as crianças do abrigo Casa Lar da Comarca da cidade de Santa Rosa do Sul, estado de Santa Catarina.

Juíza dá prioridade a processos de adoção e não deixa nenhuma criança sem lar 01 1 - Juíza prioriza processos de adoção não deixando nenhuma criança sem lar
Foto; Reprodução

“Hoje, felizmente não tenho nenhuma criança ou adolescente disponível para adoção, e nem processos de destituição do poder familiar em andamento. Os menores que atualmente estão acolhidos aguardam a reestruturação da família, o que espero que em breve aconteça”, afirmou a juíza, ela periodicamente faz visitas à casa de acolhimento, e cheia de atenção e carinho conduz as crianças a atividades de recreação e lazer.

Ela mostrou um desenho curioso que uma certa menina de 9 anos fez, a qual se sentiu muito bem acolhida. O desenho apresentado pela juíza constava a seguinte mensagem: “Juíza muito obrigado por nos dar uma chance”, destacada em lápis de cor.

A menina que fez o desenho de agradecimento e seus quatro irmãos estiveram no abrigo durante cinco meses, enquanto o instituto advertia seus pais acerca de suas obrigações como educadores e sustentadores da família.

Juíza dá prioridade a processos de adoção e não deixa nenhuma criança sem lar 03 - Juíza prioriza processos de adoção não deixando nenhuma criança sem lar
Foto: Reprodução

“Tenho um carinho enorme por elas, pois sei da realidade difícil que as crianças enfrentam. São crianças e adolescentes na maioria muito dóceis e carinhosos, é muito fácil de ficar encantada”, informa a juíza.

Às pessoas ou casais interessados em adotar uma criança, a juíza faz questão de orientar que: é muito importante ter a clareza que adotar não é uma filantropia e muito menos caridade. “Adotar é entregar-se sem medo e por inteiro à maternidade ou à paternidade. Adoção é, em essência, um ator de amor” disse Lívia.

Uma profissional que, acima de tudo, é a favor da vida. Pois ela é conhecida não apenas por defender a adoção de crianças, mas, também a adoção de animais.

Com Informações: PapodePai


OUTRAS LEITURAS


Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS