Por: JCS

Funcionaria vinha sendo assediada pelo chefe e colocou um bilhete escrito em um guardanapo dentro da embalagem de lanche. Casal que recebeu a comida pediu ajuda à polícia.

Uma jovem funcionária de uma lanchonete em Chapecó, Santa Catarina, escreveu um bilhete de pedido de socorro em um guardanapo de um lanche nesta sexta-feira (28). Conforme a Guarda Municipal, a mulher tinha 19 anos, e fez o pedido de socorro após ser fortemente assediada pelo seu chefe que é o dono da lanchonete onde trabalhava.

O casal que recebeu os lanches pelo Delivery entendeu a gravidade da denúncia e pediu ajuda à polícia. O bilhete dizia o seguinte:

“Por favor, chame a polícia nesse endereço. Meu chefe está me assediando e está tentando me drogar. Sou cozinheira. Por favor, não é brincadeira”, dizia a jovem no bilhete.

mulher pede socorro guardanapo chapeco 1 - Jovem assediada pelo chefe em SC pede SOCORRO em guardanapo: “Por favor, não é brincadeira”
Jovem escreveu pedido de socorro em guardanapo e enviou o bilhete junto com lanche — Foto: Guarda Municipal de Chapecó/Divulgação

À guarda Municipal, a jovem relatou que ela e o chefe estavam sozinhos na lanchonete, quando ele, um homem de 48 anos, a surpreendeu tentando agarrá-la à força durante o expediente. Ela conta que seu chefe tentou lhe oferecer R$ 150,00 para ela manter relações sexuais com ele, também lhe sugerindo que bebessem vinho misturado com cocaína.

Em vistoria ao local do assédio, a Guarda Municipal encontrou duas buchas de cocaína. O acusado foi levado à delegacia para depoimentos referente ao boletim de ocorrência feito.
Conforme a Guarda Metropolitana, ele não foi preso, um inquérito será aberto para apurações do crime.

Com informações: G1

OUTRAS LEITURAS



Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS