O Secretário indiano confirmou agência Reuters que as vacinas serão enviadas ao Brasil na sexta-feira (22). O acordo firmado prevê 2 milhões de doses

Depois de um impasse com o Brasil, o governo da Índia liberou as exportações comerciais de vacinas contra a Covid-19 para o Brasil, assim disse o secretário de Relações Exteriores indiano, Harsh Vardhan Shringla, à agência de notícias Reuters. Esta informação já foi confirmada pela TV Globo com o consulado indiano em São Paulo.

As doses de vacina que foram desenvolvidas pela Universidade de Oxford e pela AstraZeneca, são fabricadas pelo Instituto Serum da índia (SII), e serão embarcadas em aviões para o Brasil e Marrocos nesta sexta-feira (22).

capa oficial - Índia acaba de autorizar a exportação da vacina de Oxford para o Brasil

Até agora, a Índia tinha enviado remessas de vacinas, GRATUÍTAS, a países vizinhos, incluindo Butão, Maldivas, Bangladesh e Nepal.

O consulado em São Paulo, disse que uma aeronave do Instituto Serum sairá da Índia na sexta-feira (22) e desembarcará no aeroporto internacional de Guarulhos no sábado (23).

Assim que chegar as vacinas, seguirá para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), no Rio de Janeiro, para ser devidamente etiquetado e armazenado.

Com informações: G1

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS