Há almas que não se separam … nem com as reviravoltas que a vida dá

Muitas vezes sabemos que existe uma conexão especial com outra pessoa desde o simples momento em que a vemos , é uma energia que corre através de nós e praticamente nos lembra que essa pessoa faz parte de alguma maneira.

Não sabemos como, mas não é necessário falar para ser ouvido, não é necessário sentir, simplesmente através do espaço, do tempo, existe uma energia presente nos conectando àquele ser que parece pertencer a nós e não agora, mas sempre, com a maior extensão de tempo possível.

Dizem que acordos de almas são feitos antes das encarnações, a fim de colaborar em conjunto com o desenvolvimento de outras almas. Teremos coisas para curar, aprender, dar e receber em cada novo ciclo. Com essas almas, estamos unidos por um pacto e não importa muito o papel que desempenhamos nessa oportunidade, nós os reconhecemos, os sentimos e podemos até apresentar sua chegada em nossas vidas.

Sabemos que, de alguma forma, não importa que nos separemos, que paremos de nos ver, que façamos vidas muito diferentes, porque esse elo existe, não quebra, são os elos gerados pela energia do amor em sua maior parte. Puro, tanto que muitas vezes não conseguimos explicar o que sentimos e, para outros, será até absurdo.

2 7 - Há almas que não se separam ... nem com as reviravoltas que a vida dá
Foto: Reprodução

Os acordos que estabelecemos com nossas almas não têm prazo de validade, o que devemos curar, faremos, o que devemos aprender que faremos, mesmo se levarmos mais de um ciclo para fazê-lo. As almas gêmeas também se encaixam nesses acordos, com maior sensibilidade à presença deles, com a certeza de que antes de amá-la, nós já a amamos.

Uma alma gêmea não é necessariamente um casal, pode ser qualquer vínculo, um relacionamento pai ou mãe – filho, uma amizade, mas sempre resulta em uma pessoa significativa em nossas vidas.

3 6 - Há almas que não se separam ... nem com as reviravoltas que a vida dá
Foto: Reprodução

Não devemos nos preocupar em encontrar nossas almas “aliadas”, a vida dará as voltas necessárias para nos encontrar … até nos mostrará como duas almas permanecem em união ao longo da distância.

Honre cada um de seus relacionamentos, ninguém atravessa sua vida por acaso e as pessoas que você considera importantes estão lá para trocar experiências com você pelo crescimento de ambos. Não negue nenhum relacionamento, todos eles estiveram lá para lhe trazer conhecimento que você precisava conhecer.

Não importa se você conscientemente não reconhece aquelas almas com quem você traz planos entre muitos, no fundo o seu coração o conhecerá e se você deixar agir, procurará as maneiras mais sutis de se colocar onde precisa estar nos momentos indicados.

Por: Sara Espejo – Rincon del Tibet

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS