Em tempos onde o ser humano agride o seu semelhante, podemos ver aqui que entre os animais irracionais não impera esta lei do ódio e crueldade e sim de ajuda mútua, veja que exemplo lindo deste gorila ao perceber um pássaro caído e indefeso em seu habitat.

Acreditamos que a bondade e a capacidade de sentir empatia pelos outros é uma característica humana. Este gorila prova que dar ajuda é algo compartilhado por todos os seres vivos.

Para muitas pessoas, o que caracteriza nossa espécie é a capacidade de deixar de lado nossas necessidades, interesses e objetivos de vida, para prestar ajuda a quem possa precisar. É o que nos caracteriza como espécie: aquela mistura de raciocínio e emoção, que visa dar uma ajudinha a quem nem conhecemos.

1 gorila pajaro ayuda0004 - Gorila ajudou um passarinho que caiu em seu espaço. Vendo que estava ferido, ele mostrou compaixão
Foto: Youtube ViralHog

Claro, alguém não precisa ser uma pessoa. Os seres humanos também são a espécie especialista em cuidar dos outros animais que habitam o planeta. É por isso que resgatamos cães, salvamos gatos e até nos preocupamos que se o número de uma espécie selvagem cair muito, daremos uma ajuda para evitar sua extinção.

2 gorila pajaro ayuda0003 618x1024 1 - Gorila ajudou um passarinho que caiu em seu espaço. Vendo que estava ferido, ele mostrou compaixão
Foto: Youtube ViralHog

as a verdade é que dar uma mãozinha aos demais seres vivos que habitam o planeta é algo que não só nos caracteriza. Em certo sentido, é a força que mantém o planeta inteiro funcionando.

Veja o que mostrou um terno vídeo divulgado pela ViralHog, em que vemos um gorila demonstrando o melhor de sua espécie:

Percebendo algo incomum sobre as gramíneas em seu espaço no zoológico de New South Wales, o mamífero se aproxima para verificar. O que ele encontra é um pássaro que, a julgar pela maneira como não entra em pânico nem dá a menor reação de medo ao perceber que algo muito maior do que ele se aproxima, sofreu algum tipo de ferimento.

Se pensarmos no que um gato faria nesta situação, seria um vídeo muito mais curto e muito mais violento. Mas esse gorila mostrou que entre eles e os humanos não há tanta diferença. Posicionando-se ao lado do pássaro, ele primeiro verifica se ele está vivo. Assim que o emplumado se move, o gorila passa para a segunda fase de seu plano: incentivá-lo para que se levante e voe.

Talvez o momento mais terno seja quando ele o pega e tenta empurrá-lo para que seja lançado ao ar. Se nos encontrarmos nessa situação, é exatamente o que faríamos. Ver que um macaco é capaz de chegar à mesma conclusão só nos diz uma coisa: a compaixão é algo que existe em todo o reino animal, não apenas entre as pessoas.

Traduzido e adaptado de: UPSOCL

 

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS