Por: JCS

Na volta ao programa “Encontro”, nesta manhã, (04), a apresentadora Fátima Bernardes abriu o seu coração e emocionada disse como foi a sua recuperação depois de fazer a cirurgia onde extraiu um tumor no endométrio.

Foi comovente ver a forma com que ela demonstrou os detalhes sofre esta fase delicadíssima de sua vida, revelou que mesmo no “pós-cirúrgico” não teve tempo de “refletir” sobre tudo o que aprendeu com o câncer, muito embora ela cobre de si uma profunda reflexão sobre as lições aprendidas.

Eu absorvi, mas é como se eu ainda não tivesse refletido muito bem sobre tudo que aconteceu. Desde a cirurgia, que graças a Deus deu tudo certo, eu fiquei pensando assim: ‘no que eu mudei?’. E eu ainda não encontrei a grande mudança”, disse.

“Eu sempre fui medrosa, então eu sempre fui cuidadosa com a saúde. Eu sempre me cuidei. Sempre fui ansiosa, continuo ansiosa. Eu fico tentando achar alguma transformação, mas talvez seja perceber que parar, contemplar, ficar um pouco à toa, também é uma forma de viver. Também é possível para trazer coisas boas”, ponderou a apresentadora.

Ela abordou estas experiências de forma leve e com bom humor, assim, comemorou sua volta ao trabalho em menos de 1 mês após a cirurgia. Fátima descobriu o tumor no dia 12 de dezembro, após fazer alguns exames ginecológicos de rotina.

A experiente jornalista, de 58 anos, disse que retirou os pontos da cirurgia dois dias antes do natal, elogiou o brilhante trabalho da ginecologista e oncologistas, com a qual fará avaliações preventivas trimestralmente.

A boa notícia é que ela não precisará se submeter a tratamentos de quimioterapia ou radioterapia, contudo, a única restrição médica feita foi não fazer exercícios físicos pesados.

“Eu realmente me cuido, mas também tive muita sorte do olhar atento da minha médica, porque eu não tinha nenhum sintoma além do leve espessamento do endométrio. Vale a pena você investir e lutar pra ficar viva”, disse ela após ver vários depoimentos de pessoas que passaram pelo mesmo tipo de câncer e sobreviveram.

Fátima marejou os olhos ao revelar o carinho e cuidado que recebeu de seus familiares, inclusive disse que revelar o diagnóstico médico para a família foi extremamente difícil para ela.
“Eu tive essa enfermagem de luxo, que é as minhas filhas que estavam aqui. O meu filho estava fora, então deve ter sido mais difícil pra ele”.

“Túlio está comigo desde o início, desde que eu fui à médica de 2, os meus pais também. Faz muita diferença, muita diferença você ter o olhar do “vai dar certo”, já deu tudo certo. Mas eu fico pensando que não deve ter sido fácil pra minha mãe. Minha irmã também teve câncer, então você fica imaginando como é pra uma mãe”.

“Não é fácil pra ninguém, claro, até para os amigos, achei que foi um dos momentos mais difíceis, contar para as pessoas que você ama tentando ser forte, isso é puxado. Tem horas que você dá uma baqueada, um total suporte”, finalizou, assim, recebeu várias homenagens carinhosas dos companheiros da programação André Curvello e Bráulio Bessa.

Com informações: Uol
Foto: Instagram

 

OUTRAS LEITURAS



Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS