Por: JCS

Antes que se iniciasse o processo de cirurgia de doação de órgãos, os familiares de Gugu Libetato leram para ele uma carta no hospital Orlando Health, (EUA). Conforme a assessoria de imprensa, os familiares leram um texto escrito na primeira pessoa assinado pelo próprio apresentador.

Veja o conteúdo:

“Deus em sua infinita bondade nos dá a oportunidade da vida. Vivi minha jornada na Terra seguindo os ensinamentos que recebi de meus pais, Augusto e Maria do Céu. Com eles aprendi a importância de olhar para o próximo com amor e fraternidade”.

“Agora eu sigo adiante por um caminho que me levará mais próximo ao Pai. E neste momento quero praticar os ensinamentos do mestre Jesus. Assim como ele compartilhou o pão com os seus, eu compartilho meu corpo com aqueles que necessitam de uma nova oportunidade de viver”.

“Aos meus familiares eu agradeço por terem realizado a minha vontade. Tenham certeza que, a partir de agora, eu estarei batendo em muitos outros corações e compartilhando minha vida com outros irmãos. Que eu seja um instrumento de amor, oportunidade e de luz. Gugu”. Disse a carta.

Cirurgia para doação de órgãos

A cirurgia para a retirada dos órgãos a serem doados foi realizada sábado (23) à noite e madrugada de domingo, durando aproximadamente 06 h. A Our Legacy foi a instituição que se responsabilizou por todos os procedimentos referentes a doação, conservação e intermediação com os pacientes necessitados que receberão os órgãos.

A família de Gugu, conforme a assessoria dele, indagou os médicos se seria possível direcionar algum órgão dele para brasileiros que estivessem na fila de transplante. Contudo, foram informados que devido à grande distância seria impossível, uma vez que a conservação dos órgãos sofreria danos.

Antes mesmo da carta ser lida pelos familiares de Gugu, toda equipe médica fez uma menção de honra. Dizendo o seguinte:

“Momento de honra,
gugu liberato4 2 - Família de Gugu leu carta para ele no hospital; veja o conteúdo.
Foto: Reprodução

Neste momento e a partir deste momento, honramos Antonio Augusto Moraes Liberato e essa oportunidade de salvar e melhorar a vida de outras pessoas. Ao cuidarmos dele agora, também somos responsáveis por cuidar desse gracioso presente da vida. Estendemos nosso respeito e gratidão à família e os mantemos em nossos pensamentos. Ao tocarmos a vida de muitos hoje, podemos entender nosso papel em transmitir o presente heroico da vida de um ser humano para outro. Que tenhamos um momento de silêncio agora para lembrar Gugu Liberato e todos os que se juntam à sua história do passado, presente e todos os dias à frente”.

Com informações: UOL


OUTRAS LEITURAS


Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS