Por: JCS

Nos últimos anos ele foi motivo de inúmeras polêmicas sobre seus vícios, tanto em bebidas quanto em entorpecentes. Fábio Assunção, ator, 48 anos, resolveu falar com toda sinceridade possível sobre os comentários que envolvem o seu nome: piadas, vazamento de vídeo íntimo e dependência química.

Ele está próximo de estrear a série “Onde está meu coração”, no Globoplay, onde interpretará o papel do pai de uma médica dependente de crack, o ator resolveu falar abertamente na entrevista ao jornal O Globo.

“Um dos grandes problemas da dependência é as pessoas terem vergonha de falar sobre ela, porque dificulta o processo de reequilíbrio”. “O vício não é uma questão de caráter, ou de uma escolha. Não é você aceitar uma propina. É impulsão, compulsividade”.

Deixou bem claro que em relação à sua dependência de narcóticos: “Sim. Já superei essa questão, isso não faz mais parte da minha vida, graças a Deus. Quando esse processo cessou, há quatro, cinco anos, achei que o álcool, aceito socialmente, poderia ser um caminho secundário, alternativo, para poder lidar com algumas coisas sem as consequências de uma droga pesada.

Mas é preciso contextualizar isso. Herdei conceitos de que a droga tinha a ver com liberdade, com a subversão de um sistema castrador, era uma outra época”.

Recentemente, João Assunção, 16 anos, seu filho mais velho, escreveu nas redes sociais um post defendendo seu pai, após publicarem um vídeo antigo de Fábio, com cenas íntimas onde demonstrava estar alterado. Ele disse que o filho escreveu o texto sozinho sem consulta-lo.

“Ele tem muita consciência, uma compreensão muito grande para um cara de 16 anos… Ele escreveu sozinho, não perguntou para mim, e postou. Se alguma coisa disso tudo tem que valer a pena é ( o fato de ) reverter em conhecimento e respeito, consciência humana aos meus filhos”, concluiu.

Garantiu que as polêmicas ficaram no passado. “Hoje tenho uma vida absolutamente normal. Posso tomar uma taça de vinho? Posso. Dois copos de cerveja? Posso. Mas, se beber mais do que isso, vai me fazer mal.” E aproveitou para comemorar a nova fase da carreira. “Trabalho muito. É onde eu me realizo”.

Com informações: O Globo


OUTRAS LEITURAS


Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS