Por: JCS

Funcionários da fábrica Pfizer, em Michigan, EUA, distribuíram as primeiras remessas de vacina contra a Covid-19, assim, os americanos começaram a receber na segunda-feira (14) as primeiras doses da imunização.

No domingo (13) já começaram a ser distribuídos os primeiros lotes, dessa maneira começou o maior e mais complexo projeto de entrega de vacinas já realizado nos EUA.
Conforme planejamento, o governo Americano pretende liberar as primeiras 2,9 milhões de doses para os principais estados, territórios, cidades e cinco agências federais.

Distribuição

Um vídeo das instalações em Kalamazoo mostra a movimentação dos funcionários com máscaras retirando do freezer várias caixas de papelão com potes de vacina e as depositando em grandes geladeiras antes de serem rotuladas e embaladas. (vídeo abaixo)

capa oficial - EUA distribuem as vacinas: imunização começou nos principais estados na segunda-feira (14).
A alegria era tanta que os funcionários aplaudiram enquanto as primeiras caixas eram transferidas para os caminhos que estavam prontos para transportá-las.

Momento Crucial

A vacina começa a ser aplicada e distribuída em um momento em que as infecções da covid-19 estão aumentando grandemente dos Estados Unidos.

Apesar dos esforços de distribuição para todos os estados norte-americanos, cabe a cada Estado decidir que grupos devem receber as primeiras vacinas.

O governo federal já começou a despachar as primeiras remessas para mais de 600 pontos.

Várias empresas pressionam as autoridades estaduais e federais a priorizarem seus trabalhadores na fila de milhões que aguardam serem vacinados para assim “voltarem ao normal”, livres da doença mortal.

Autorização

Os órgãos reguladores da saúde dos EUA autorizaram na sexta-feira (11) o uso da Vacina da Pfizer e seu parceiro BioNTech, assim, os agentes de segurança federais estão acompanhando as remessas que são fortemente protegidas da fábrica até o destino final.

Passamos meses traçando estratégias com as autoridades da Operação Warp Speed e nossos clientes de saúde sobre uma logística de vacinas eficiente e agora é a hora de colocar o plano em ação”, afirmou Wes Wheeler, presidente da UPS Healthcare, no sábado.

Refrigeração

Os pacotes feitos são refrigerados por gelo sedo da Pfizer e podem conter até 4.875 doses.
Os trabalhadores carregaram as vacinas, mantidas em temperaturas muito frias – no avião com destino aos centros de carga aérea United Parcel Service ou FedEx em Louisville, Kentucky e Memphis, Tennessee, respectivamente.

De lá, eles serão transportados de caminhão ou avião até instalações próximas aos 145 locais norte-americanos destinados a receber as primeiras doses.

Com informações: Agência Brasil
Imagem: Redes Sociais

OUTRAS LEITURAS






Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.