Por: Andre J. Gomes

Eu gosto das pessoas que respeitam as outras. Não escondo. Tem gente de todo jeito neste mundo. Gente alta, gente baixa, gente gorda, gente magra, gente mais, gente menos, gente assim, gente assado. Gente para todos os gostos. Eu gosto de gente que gosta de gente.

Pessoas que apreciam pessoas se empenham em fazer melhor o que fazem. Elas sabem que poucas coisas no mundo o tornam melhor que um trabalho honesto bem feito. Toda pessoa que exerce bem um ofício, qualquer bom ofício, pratica um gesto de amor ao outro.

Não precisa viver sorrindo pra todo mundo, não. É só respeitar quem caminha sobre ele. Tem gente que não é de sorrir muito, ué, mas nem por isso perde a chance de tratar o outro com seriedade e respeito. Tem gente que vive de cara fechada mas tem um coração aberto e afetuoso buscando o que fazer para ajudar.

Gente que gosta de gente valoriza as pessoas de seu círculo, seus amigos, sua família, mas nem por isso vai maltratar um desconhecido na rua. E isso não é ser hipócrita, não, como querem alguns. É ser respeitoso e decente.

Eu gosto de gente que gosta muito do que faz e do que tem, mas não faz pouco do que fazem e do que têm os outros. Gente que não precisa destruir ninguém para construir sua própria reputação. Que não cria problemas para vender soluções, gente que não quebra as pernas dos outros para correr na frente sozinho, sem concorrentes. Gente que gosta de gente. Tem gente de todo jeito neste mundo. Mas eu gosto de gente assim.

Crédito Imagem: Sasint, Pixabay

 

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS