Por: JCS

Maria Luz Salazar, de 28 anos, é uma auxiliar de enfermagem, e ela virou um símbolo de luta e determinação dos profissionais da saúde que estão no batalhão de frente  combatendo a Covid-19. Há poucos dias ela foi fotografada cruzando uma enchente corajosamente pedalando a sua bicicleta, afinal ela voltava de uma jornada de 12 de trabalhos exaustivos no hospital e assim enfrentava a enchente para chegar em sua casa.

As imagens dela viralizaram nas redes e correram o mundo sensibilizando muitas pessoas por seu lado tão guerreiro, mesmo após uma dura jornada de trabalho contra a covid-19, ela encontrou forças para atravessar a enchente rumo à sua casa. Esta imagem também chamou a atenção da montadora Honda, que decidiu doar uma motocicleta para ela, através da empresa Visal Import Export, assim, ela poderia se deslocar para sua casa com maior conforto e velocidade.

Maria disse: “Estou muito contente e feliz, me sinto agradecida a Deus, a todos pelo apoio e ao dono da empresa por ter me dado essa moto”.

1 - Enfermeira que atravessou enchente de bicicleta é gentilmente recompensada pela sua bravura
Mary Luz ganhou uma moto de última geração na Bolívia. Foto: Divulgação/Visal

“Essa foto deu a volta ao mundo porque realmente representa seu amor pelo trabalho. Queremos te dar um meio de transporte que será mais fácil para você ir e vir para o trabalho”, afirmou, o gerente da Visa, Juan Carlos Salvatierra.

Ela é conhecida como Mary Luz, e realmente se tornou um símbolo de luta de todos os profissionais da saúde que combatem na linha de frente contra o coronavírus, que assim como ela, também enfrentam suas dificuldades e lutas após a jornada exaustiva de trabalho para voltarem para suas residências.

2 - Enfermeira que atravessou enchente de bicicleta é gentilmente recompensada pela sua bravura
Mary Luz enfrentou uma enchente de bicicleta para retornar pra casa depois de um plantão de 12 horas. Foto: Reprodução/Facebook

Maria Luz chegou a afirmar que durante a travessia de bicicleta pela enchente: “Tinha hora que a água chegava à minha cintura”.

Ela mora em Santa Cruz, Bolívia, distante do hospital cerca de 2 quilômetros de sua casa, fazia esta distância usando a bicicleta de seu pai.

“Eu sempre quis uma moto, mas nunca pude compra-la e agora tenho uma moto”, disse ela emocionada com o presente. Ela virou até garota propaganda da marca no país.

3 - Enfermeira que atravessou enchente de bicicleta é gentilmente recompensada pela sua bravura
Foto: Reprodução Honda

A Honda fez um desenho dela bem animado para fazer a propaganda em homenagem a Mary Luz.

4 - Enfermeira que atravessou enchente de bicicleta é gentilmente recompensada pela sua bravura
Foto: Divulgação Honda

“Nossos heróis merecem o melhor. Apoiemos cuidando-nos entre todos”.

Tem sido muito bonito as homenagens que outras pessoas fazem para ela nas redes sociais, veja:

E as notícias boas não param por aí, tanto que o Ministério da Saúde lhe concedeu estabilidade profissional, por seu exemplo de coragem e empenho no cargo que exerce exemplarmente.

“Mari Luz Salazar terá ‘estabilidade profissional’. A Ministra da Saúde, Eidy Roca, acabou de me ligar para pedir seu número de telefone e dar-lhe as boas notícias esta noite. A auxiliar de enfermagem pratica há seis anos“, publicou no tweeter a jornalista Tuffí Até.

“No meu trabalho, apenas duas pessoas têm estabilidade e estou como contratada. Valorizamos nosso trabalho e fazemos todos os esforços para conquistar a contratação. Estou muito feliz”, disse.

Várias empresas lhe ofereceram apoio, inclusive instituições de ensino, querendo lhe proporcionar condições para melhorar a vida de Mary Luz, outras empresas lhe doaram alimentos.

Ela usou parte dos alimentos e guardou também, sabendo que tinha bastante, ela resolveu procurar a pessoa que publicou a sua foto, descobriu que era um rapaz humilde, chamado Neymar, assim, compartilhou com ele parte dos alimentos que recebera. Demonstrando o quão bom é compartilhar com quem precisa.

Mary Luz, sustenta com o seu trabalho uma família com 20 pessoas.

Seu salário gira em torno de R$ 3.000,00 e com a gravidade da pandemia apenas ela tem emprego fixo com casa. Seu pai, é um taxista, e devido à idade não sai para trabalhar pelos riscos de contaminação, então ela encarou a responsabilidade e vem ajudando a todos.

“Eu sou a única aqui em minha casa que trabalha com saúde, somos três famílias que moram juntas. Eu sou a única profissional que ajuda com despesas aqui em casa e a única com salário”. Afirmou.

5 - Enfermeira que atravessou enchente de bicicleta é gentilmente recompensada pela sua bravura
Mary Luz tem vida simples e dura no interior da Bolívia. Foto: Reprodução/Facebook

 

Com informações: RPA

 

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS