Por: JCS

Michael Esmond, é um empresário da Flórida, EUA, ele resolveu repetir o que fez no ano passado, e desta vez, pagou a conta de luz de dezenas de famílias que estavam atrasadas.

Esmoud, sabendo das dificuldades impostas pela pandemia, aumentou a oferta neste ano e quitou as dívidas de 114 família que estavam prestes a terem a energia cortada devido ao atraso no pagamento das contas.

No total ele desembolsou 7,6 mil dólares, equivalente a 38 mil reais, conforme Joanne Oliver, supervisora de cobrança de serviços públicos da cidade.

Ano Passado

O generoso Michael Esmond fez o mesmo no ano passado, pagando as contas de energia de 36 famílias da comunidade Gulf Breeze, EUA.

capa oficial - Empresário faz boa ação e paga contas de luz atrasadas de 100 famílias
Este ano, teve a passagem do furacão Sally e o agravo econômico devido à covid-19, ele entendeu que tinha que ajudar mais e aumentar o valor da doação.

“Este ano para mim provavelmente é mais significativo do que no ano passado, com a pandemia e todas as pessoas desempregadas tendo que ficar em casa”, disse.

“O furacão Sally nos atingiu com força e feriu muitas pessoas. Ainda temos muitos telhados azuis aqui, onde eles estão apenas cobertos com lonas”.

Mais famílias

Michael disse que neste ano conseguiu ajudar três vezes mais famílias, acontece que muitos tinhas contas de $ 100 ou menos, assim, ele conseguiu ajudar muito mais famílias.

O bom e “generoso velhinho” tem 74 anos e o proprietário da Gulf Breeze Pools and Spas. Com esta boa ação, ele está retribuindo o que conseguiu com o seu negócio neste ano.

Tivemos um bom ano e é por isso que quero compartilhar o que tenho com as pessoas que precisam”, disse.

Mesmo que nosso país e nossa cidade estejam atualmente passando pelos anos mais difíceis de algumas de nossas vidas, ainda existem pessoas lá fora que são generosas e gentis e realmente querem ajudar os outros”, afirmou Oliver, um dos beneficiados.

“Ter outras pessoas dentro da comunidade querendo estender a mão e ajudar seus vizinhos, agora é mais importante do que nunca”, finalizou.

Ele sofreu na pele

Michal contou que esta generosidade tem um motivo. Na década de 1980 sua casa ficou sem gás.

“Tivemos problemas para pagar contas e criar três filhas. A companhia fechou o gás e não tínhamos aquecimento. Eu tenho pessoas que sofrem e não são capazes de pagar as contas. Esse é provavelmente um dos maiores motivadores para mim, porque já passei por isso”.

“A pessoas não têm dinheiro para pagar as contas e colocar comida na mesa, então espero fazer minha parte, pagar algumas contas para tirá-las um pouco do estresse na época do Natal”, disse.

Com informações MSN Goodnews

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS