Por: JCS

Zezé Di Camargo foi ao velório do pai se despedir dele, e emocionado, tocou sanfona ao cantar a música “É o amor”, música que abriu as portas do sucesso para a dupla e que Sr. Francisco distribuiu várias moedas para os colegas da construção civil comprarem fichas telefônicas para ligarem na rádio local (pedindo para tocar a música “É o amor”.

Sr. Francisco acreditou na dupla e batalhou muito para que eles fossem conhecidos, e conseguiu o feito.

Em sua conta do Instagram, Zezé manifesta carinho pelo pai e lhe pede perdão, confira:

“Nenhuma tristeza é pra sempre, como nenhuma felicidade é eterna. Prepara-te para aprender com a dor e viva intensamente o que Deus te deu de presente: “a vida” A lágrima que vem da alegria é a mesma que vem da dor. O que muda, é o contexto!!

Com sabedoria e numa conversa franca com Deus, não divirja, Apenas aceite!!

Peço perdão pela tristeza que estou sentindo agora, porque se que minha dor também é sua. Me perdoe pelo egoísmo de insistir que fique aqui, mas meu amor é tão grande, que me tira a sensatez, a lucidez e o entendimento, que a vida é assim!!

Mais uma vez me perdoe, por insistir que fique aqui. Te amo meu pai!!

Captura de Tela 170 1 - Em velório do pai, Zezé Di Camargo toca sanfona e canta “É o Amor”
Foto: Instagram Zezé Di Camargo

Assista ao vídeo de despedida no velório:

 

Com informações: Portal G1 Goiás
Foto: Youtube

 

OUTRAS LEITURAS



Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS