Por: JCS

O Ator e diretor Denzel Washinton e Pauletta Washington completarão em 25 de junho 37 anos de casados. Pouquíssimos casais da área artística conseguem ficar tanto tempo juntos, qual seria o segredo que eles têm para um casamento se manter firme? Afinal, nos dias de hoje os relacionamentos são praticamente descartáveis. Veja o que eles disseram em uma entrevista à revista Ebony.

“A gente tem que trabalhar para o relacionamento dar certo. Não desistir um do outro. É um compromisso. Não existe lua de mel todos os dias, mas serem sempre bons amigos pode ajudar” disse Denzel.

Ambos se conheceram em um set de filmagem em 1977, ele participava de seu primeiro trabalho para a TV, no filme Wilma, Pauletta também participava. Mal sabiam eles que o universo estava conspirando a favor para a união dos pombinhos.

Denzel sempre que é entrevistado tece elogios à sua querida esposa, além de amá-la, reconhece o valor e a importância dela na construção do relacionamento e família:

“Ela fez o trabalho pesado. Ela tem sido consistente. Ela deu a instrução religiosa diária em casa. Ela foi a única a levar as crianças para a escola, (eles têm 4 filhos juntos) enquanto eu estava fora provendo”, disse o ator que informou que ambos vieram de famílias muito diferentes quando se conheceram.

“Eu cresci no atletismo, mas a família de minha esposa teve uma boa educação. Ela foi uma criança prodígio. Sua família tinha um amor e uma proximidade que eu nunca tive. Vim de um lar desfeito e eu disse para mim mesmo que eu merecia ter um tipo da família assim, como a dela”.

Um casal fortemente unido nas Adversidades

Pauletta Washington sempre soube lidar com os rumores da mídia que falavam que seu marido tinha casos fora do casamento, como conhecia muito bem seu marido, sempre o apoiava e ficava ao lado dele.

Ela deixa bem claro que o que mantém a paz no casamento, é a “confiança do que eu significo para ele”. “Ele sabe que tem a estabilidade em mim, enquanto sua esposa, e isso lhe dá força no meio de tantas fofocas”.

“Ele é um símbolo sexual. Todo mundo está ao seu redor. E quando estamos fora, eles me empurraram para ficar sempre colada nele. Essa parte não é tão fofa. Eu sei que ele é assediado, mas eu confio no nosso casamento e ele também”, afirmou Pauletta à Ebony.

Ambos afirmam que nos momentos de crise resolveram superar todos os obstáculos, assim o relacionamento prosperava cada vez mais. “Vivemos em um tempo – e não estou aqui para julgar – que as pessoas desistem facilmente. É uma sociedade descartável, onde o parceiro é rapidamente substituído”, concluiu o ator.

Pauletta finalizou dizendo: “Para mim, o ‘amor’ na história de amor é como você passa pelas provações. A paixão, a luxúria – é fácil. A história de amor é como você se apaixona após as dificuldades”.

Com informações: BlackLove

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS