Por: Rossandro Klinjey

Diz se é seu caso e vamos pensar juntos!

Nos últimos 10 anos por todos os cantos se ouviu falar que o estresse é uma das grandes mazelas da sociedade atual, com ritmo frenético de vida, muito consumo, conflitos, trabalho e exposição.

De repente o mundo desacelerou, o ritmo mudou, mas e o estresse?

Alguns amigos me ligam e dizem que agora é que estão enlouquecendo. Quando parece ter tempo pra tudo, não sobra tempo pra nada, porque antes o “tudo”, não era tudo isso: Família, trabalho e crise.

E mesmo entre os que se viram em casa sozinhos o sentimento é semelhante: “Não aguento mais tanta live!” “Já acordo cansada”, “Fiz plano de emagrecer e só engordei” “Estou muito mais estressado e irritado”. É o estresse! Todos culpam o estresse.

Então, porque o mundo para e o estresse não diminui?

Porque o estresse está dentro e não fora. Ele pode até ser provocado por um evento externo, mas é alimentado dentro de nós. O estresse é uma resposta ao nosso desconforto por não poder controlar todas as coisas ou um grito de alerta quando estamos tentando inconsequentemente fazer isso e nos enchemos de excessos.

Se tá de “saco cheio” da vida não é da vida em si, mas das expectativas que alimentou sobre ela. Esvazia!

 

 

Crédito imagem: Facebook

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS