Conforme informações do portal Metrópoles, duas sargentos do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF), foram expulsas da cerimônia de suas próprias homenagens pois os oficiais do evento concluíram que elas estavam usando “saias curtas” demais. A punição aconteceu durante a cerimônia da abertura do Curso de Altos Estudos para Praças (Caep), no dia 8 de abril de 2021.

Conforme testemunhas que estavam presentes, as duas sargentos foram abordadas por um capitão que lhes deu ordem expressadas pelo coronel Edwin Aldrin Franco de Oliveira, que chefia o departamento de Ensino, Pesquisa, Ciência e Tecnologia. O Coronel descontente com o vestuário delas ordenou que as duas abandonassem a cerimônia imediatamente – o fato ocorreu durante a execução do Hino Nacional

O Machismo presente nas altas patentes

A atitude do Coronel se deu por conta das “saias curtas”, que por incrível que pareça, são os uniformes aceitos e utilizados como uniforme pelas militares, as quais, provavelmente estavam usando os uniformes que a própria corporação de Bombeiros da Capital federal lhes forneceu. Elas estavam cantando o hino nacional e, diante da proibição de continuarem, pediram permissão para terminar de cantar o hino, mesmo assim lhes foi negado o direito. Inclusive as duas foram ameaçadas com punições disciplinares se não descumprissem as ordens.

whatsapp image 2021 04 08 at 18.04.14 1024x682 1 - Coronel expulsa bombeiras  de cerimônia de formatura por conta de suas “saias curtas”
Formatura do Curso de Altos Estudos para Praças (CAEP) do Corpo de Bombeiros do DF, no dia 8 de abril de 2021 — Foto: CBMDF/Divulgação

Após a matéria ter sido publicada no portal Metrópoles, a direção do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal se manifestou através de uma nota enviada ao Metrópoles. Leia o teor da nota do Corpo de Bombeiros:

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal vem a público esclarecer que recebeu a denúncia de que duas militares da Corporação teriam sido orientadas a deixar o auditório onde ocorria a cerimônia de formatura do Curso de Altos Estudos para Praças, ocorrida no dia 8 de abril de 2021 e, por determinação do comandante-geral da corporação, a denúncia foi encaminhada à corregedoria/controladoria.

Será realizada a abertura de procedimento apuratório para que os relatos presentes na denúncia sejam esclarecidos e elucidados, assim, podendo esta Instituição tomar as medidas cabíveis e pertinentes ao caso.

Informamos ainda, que o CBMDF não compactua com nenhum tipo de assédio seja ele moral ou de qualquer natureza, primando não somente pelo bem da sociedade civil, mas também zelando pela conduta ilibada e exemplar da sua tropa, à luz dos regulamentos legais que nos norteiam e que padronizam tanto nossos uniformes quanto nossa conduta.”

3 - Coronel expulsa bombeiras  de cerimônia de formatura por conta de suas “saias curtas”
Militares dos bombeiros na formação do Curso de Altos Estudos para Praças, no DF — Foto: CBMDF/Divulgação

Com informações: HypenessO Globo

OUTRAS LEITURAS



Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS