Por: JCS

Nicette Bruno era conhecida como uma profissional muito competente, com seus 87 anos de vida, deixou dois grandes legados, o artístico e familiar: O artístico foi inquestionável, afinal desde cedo ela tinha uma companhia de teatro, o Teatro de Alumínio, que lhe abriu as portas para os futuros 70 anos de uma bela e sólida carreira teatral e na TV.

Foi neste ambiente teatral que começou a se formar seu segundo legado, o Familiar. Afinal, aos 20 anos de idade ela conhece nos palcos do teatro o ator Paulo Goulart, o grande amor da sua vida, com quem se casou em 1954, aos 20 anos, formando um dos mais belos casais da dramaturgia Brasileira e uma família muito amorosa.

Captura de Tela 371 - Conheça como Nicette Bruno era tratada por seu marido: “Eu sei que vou te amar” (Vídeo)
Imagem: Facebook

Paulo Goulart foi apresentado para a então diretora do Teatro Alumínio, Nicette Bruno, para assumir um papel em uma peça, ela o escolheu e começaram a trabalhar juntos. Ela a princípio via tudo profissionalmente, mas, Paulo Goulart se apaixonou por ela à primeira vista, e ela, bem mais tarde.

Essa história de amor genuíno entre ambos, que foi construída dia após dia, lhes rendeu três lindos frutos: os filhos, também atores, Beth Goulart, Bárbara Bruno e Paulo Goulart filho. Neste legado familiar havia exemplos de amor genuíno, de pai para mãe, pai para filho, e filhos para pai, toda a família se respeitava muito e se amavam incondicionalmente.

paulo goulart filho a47959 9vGthkf - Conheça como Nicette Bruno era tratada por seu marido: “Eu sei que vou te amar” (Vídeo)
Nicete Bruno, Paulo Goulart e os três filhos
Foto: reprodução redes sociais

Paulo Goulart era um homem romântico, daqueles que ainda mandava flores para a sua amada, que demonstrava seu amor para Nicette em todos os lugares e momentos, ele vivia a surpreendendo com declarações de amor e quase sempre com flores.

Captura de Tela 373 - Conheça como Nicette Bruno era tratada por seu marido: “Eu sei que vou te amar” (Vídeo)
Foto: Facebook

O vídeo abaixo demonstra como esse Homem ( Que faleceu em 2014, vítima de um câncer) tratava sua esposa: Resumindo, a letra da canção fala melhor:

“Eu sei que vou te amar”

Por Deus,eu tô chorando

Publicado por José Felipe em Domingo, 20 de dezembro de 2020

Eu sei que vou te amar
Por toda a minha vida eu vou te amar
Em cada despedida eu vou te amar
Desesperadamente, eu sei que vou te amar

E cada verso meu será
Pra te dizer que eu sei que vou te amar
Por toda minha vida

Eu sei que vou chorar
A cada ausência tua eu vou chorar
Mas cada volta tua há de apagar
O que esta ausência tua me causou

Eu sei que vou sofrer a eterna desventura de viver
A espera de viver ao lado teu
Por toda a minha vida

 

OUTRAS LEITURAS



Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS