Por: JCS

O menino de 9 anos que sofreu bullying na escola por ter nanismo emocionou a web ao desabafar para sua mãe o quanto se sentia triste com as gozações.

Um comediante que tem nanismo resolveu fazer uma vaquinha e arrecadou R$ 800 mil para o menino de nove anos que sofreu um violento bullying na escola por ter nanismo. O garotinho Quaden Bayles trouxe forte comoção aos internautas em vídeo, onde ele desabafa com muito choro, ao contar pra sua mãe o quanto estava triste pelas gozações de seus coleguinhas na sala de aula.

O desabafo que ele fez foi gravado pela sua mãe Yarraka Bayles e compartilhado nas redes sociais, a criança estava arrasada, triste e chegou a dizer: “Eu só quero morrer…Eu quero que alguém me mate…Me dá uma faca”. (É muito triste)

Ao compartilhar esse vídeo do sofrimento de seu filho, Yarraka com a voz embargada clamou pelo fim do bullying. “Eu acabei de pegar meu filho da escola, falei de novo com o diretor…mas eu quero que as pessoas saibam…pais, educadores, professores….este é o efeito do bullying. É isso que o bullying faz. Por muito tempo eu havia decidido não mostrar este lado do bullying, mas não dá mais para esconder. Eu quero que as pessoas saibam o quanto isto está machucando meu filho, minha família. Eu preciso estar sempre de olho no meu filho. O bullying me deixou com uma criança que quer tirar a própria vida porque não aguenta mais sofrer bullying todos os dias que vai para a escola. Eu quero que as pessoas saibam o impacto disso porque este pode ser o seu filho ou seu filho pode ser quem esteja cometendo o bullying”.

O Video de Quaden Bayles, circulou pelo mundo todo, alcançando milhões de reproduções. Isso gerou uma comoção profunda nos internautas e fez com que todos refletissem sobre os efeitos devastadores das “gozações desmedidas” feitas a uma criança inocente. Várias pessoas quiseram apoiar o garotinho, até o time de Rúgbi que ele torce, o convidou para que entre no campo com eles e, mandou uma mensagem de apoio e solidariedade também.

Vários famosos enviaram mensagens de apoio e esperança para Quaden. Inclusive o ator australiano Hugh Jackmann (Wolverine), enviou a seguinte mensagem para ele: “Quaden, você é mais forte do que imagina. E independente do que aconteça, saiba que você tem um amigo em mim! ”, escreveu o ator.

O comediante Brad William, que tem nanismo, ficou muito comovido com o sofrimento da criança, e ao ver a história, resolveu fazer uma campanha para o levar à Disney, na cidade de Orlando, (EUA) junto com sua mãe.

O comediante americano queria arrecadar 10 mil dólares para custear a viagem. Mas as pessoas ficaram tão sensibilizadas com a história que doaram 200 mil dólares, o equivalente a ( 800 mil reais). Brad mostrou imagens dele conversando com o pequeno Quaden e disse: todo esse dinheiro será doado para ONGS que combatem o bullying. “A história do Quaden me abalou muito. Mas nós estamos mostrando que vamos vencer o bullying! Muito obrigada a todos que doaram, eu estou fazendo tudo que posso para que cada centavo doado vá para uma boa causa! Vamos acabar com o bullying! ”, falou o comediante.

A família do garotinho se comoveu muito com os resultados e agradeceram o carinho e atenção de todos com o sofrimento de seu filho. “Nós queremos agradecer todas as mensagens de apoio que estava recebendo e tudo que estão fazendo por nós. Pedimos desculpas por não podermos responder cada um de vocês. Mas saibam que o Quaden está sentindo todo esse amor. Nós vamos nos encontrar com as pessoas certas que podem nos ajudar a fazer mudanças para acabar com o bullying! ”, concluiu a mãe do garoto.

menino nanismo apoio2 - Comediante que tem nanismo arrecadou R$ 800 mil para levar menino que sofreu bullying à Disney
Foto: Reprodução

O comediante conversando com o menino após bullying por causa do nanismo

Com informações: bebemamae

 

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS