Por: JCS

O avião que levava a delegação do time de Palmas caiu na manhã desde domingo (24), a aeronave decolou de Palmas com destino a Goiânia, onde aconteceria o jogo entre o Clube Palmas e o Vila Nova de Goiânia na segunda-feira (25).

A diretoria do Palmas emitiu uma nota confirmando que, por volta das 8:15 ocorreu o acidente aéreo envolvendo o presidente do clube, os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari e o piloto Wagner Machado. O avião assim que decolou caiu no final da pista da Associação Tocantinense de Aviação (ATA), no Luzimangues.

whatsapp image 2021 01 24 at 10.11.13 am - Cai avião com delegação do time Palmas após decolagem, deixando 6 mortos
Avião ficou completamente destruído após cair em Luzimangues — Foto: Divulgação

O presidente do time, Lucas Meira, natural de Goiânia, morava em Palmas desde 2007, ano em que começou no curso de Agronomia na Faculdade Católica do Tocantins.

“Lamentamos informar que não há sobreviventes. Neste momento de dor e consternação, o clube pede orações pelos familiares aos quais prestará os devidos apoios, e ressalta que no momento oportuno voltará a se pronunciar”, diz parte da nota.

capa oficial - Cai avião com delegação do time Palmas após decolagem, deixando 6 mortos

O Vila Nova de Goiânia também emitiu uma nota:

“Vila Nova Futebol Clube recebe com consternação e profunda tristeza a notícia sobre o acidente aéreo que vitimou fatalmente o presidente do Palmas Futebol e Regatas, Lucas Meira, quatro jogadores da equipe, Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari, e o comandante da aeronave, Wagner.

Parte da delegação viajava para Goiânia, para a partida da Copa Verde nesta segunda-feira, 25, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, contra o Vila Nova, quando o grave acidente ocorreu com o avião de pequeno porte.

O Vila Nova deseja que todos os amigos e familiares das vítimas sejam consolados no colo do Pai neste momento de tamanha angústia e tristeza. O clube afirma, ainda, que corroborará com o adiamento da partida e fará homenagem aos ocupantes no jogo da próxima quinta-feira, 28, pelo Campeonato Goiano. ”

Vila Nova Futebol Clube

A aeronave acidentada tratava-se de um bimotor modelo Baron, de prefixo PTLYG, com capacidade para transportar no máximo 6 pessoas, e era de propriedade de uma construtora que tem sede no Pará, chamada Meirelles Mascarenhas Ltda, e não tinha autorização para prestar serviços de taxi aéreo. Conforme assessoria do time Palmas, o avião tinha sido adquirido recentemente pelo presidente, Lucas Meira, sendo que a documentação de transferência estava tramitando.

externa lh Copia - Cai avião com delegação do time Palmas após decolagem, deixando 6 mortos
Bimotor Baron, B55

 

Com informações: G1

OUTRAS LEITURAS






Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.