Por: JCS

Com a corrida de vários laboratórios para a aprovação da “vacina contra a covid-19”, boa parte dos países estão se planejando para serem os primeiros da fila de reserva e compra dos “prováveis” imunizantes, isto é: “Se” forem aprovadas. Contudo, o planejamento e reserva faz parte de vários ministérios da Saúde para logo em seguida começarem a tão esperada campanha de vacinação nacional.

Em recente levantamento realizado pela Quartz revela que o Brasil é um dos países com uma grande quantidade de doses reservadas da vacina contra a covid-10. Afinal são 220 milhões no total, 120 milhões da chinesa Sinovac, desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan, e 100 milhões da Universidade de Oxford, que mantém parceria com a Astra Zeneca, estas quantidades conseguiriam vacinar todos os brasileiros.

A Quartz levou em consideração as candidatas licenciadas à produção da vacina e também as que foram fechadas em acordo formal feito entre os governos para a compra direta. O Brasil faz parte do primeiro grupo, sendo que em troca, liberou para que os testes com as vacinas sejam feitos no território nacional.

O primeiro lugar em reservas da vacina está com os Estados Unidos, com 1 bilhão de doses já reservadas. 60% deste total é parte de um acordo feito com duas farmacêuticas: Pfizer e BioNtech.

Em seguida vem o Institute Serum, da Índia, que reservou 1 bilhão de doses da também candidata AstraZeneca. O acordo celebrado entre a Índia e a farmacêutica obriga o país a redistribuir o excedente da vacina para países mais pobres.

A União Europeia possui 500 milhões de doses reservadas, sendo 300 milhões da francesa Sanofi. 200 milhões são da Johnson & Johnson, que está com testes em estágio avançado em humanos.

Alemanha, França, Holanda e Itália firmaram acordos, conforme a lista da Quartz. Estes países têm 400 milhões de doses reservadas da vacina da AstraZeneca.

Assim, é um grande investimento financeiro realizado, por isto os laboratórios estão fazendo de tudo para acelerar o processo, destes testes, o mais avançado e provável candidato a vacina, é o da Universidade de Oxford.

 

Com informações:  UOL

Crédito imagem: Pixabay

OUTRAS LEITURAS



Sensível Mente
Revista de opinião e entretenimento, sobre temas relacionados ao equilíbrio entre mente corpo e espiritualidade.

COMENTÁRIOS